17 Segredos para Passar no Concurso Público – Revelados Por quem Já conseguiu!

0
21

Passar no Concurso Público não é e dificilmente será uma tarefa fácil – isso se explica pela especialização dos temas e pelo grande número de concorrentes. Afinal de contas, quem, na atual conjuntura político-econômica, não gostaria de ter a segurança de um emprego público e um salário, no mínimo, “interessante”?

Por isso, ainda que seja um sonho, tornar-se um servidor público é um grande desafio – mas, será que existem segredos que podem ser revelados justamente por quem já conseguiu obter tal sucesso? Obviamente que sim!

Separamos os principais segredos contados pelos estudos que agora são profissionais do setor público – veja o que eles dizem e descubra os motivos e as razões que te podem te levar para o mesmo caminho!

1 – Objetivo Bem Traçado

Felipe Monteiro passou em 1º lugar no Concurso de Investigador da Polícia Civil em 2006.

Seu lema é: tenha metas! Isso é fundamental para a vida – e com o concurso não poderia ser diferente. O plano é seguir o ideal até o fim e para tanto é preciso ter muita disciplina e seriedade, além, claro de se preocupar com a saúde mental e espiritual, ele diz.

Notícia Recente sobre os Concursos da Polícia Civil

Concurso Público da Polícia Civil do Estado de São Paulo é um dos mais aguardados do ano. E a boa nova é que o Secretário de Segurança Pública do Estado, Mágino Alves Barbosa Filho, afirmou que os editais deverão ser publicados até dezembro, com nomeações para o ano letivo de 2018.

A afirmação aconteceu após a Revista Veja denunciar uma possível necessidade de investimentos em equipamentos e pessoal na corporação.

Os novos certames já haviam sido confirmados pela Assessoria de Imprensa da Secretaria em julho, quando também foi questionada pelos órgãos da imprensa sobre as diversas ações judiciais em andamento, decorrentes da carência de pessoal.

Nesse caso, a assessoria já havia antecipado que o órgão “realiza estudos em conjunto com a área técnica do governo para viabilizar a abertura de novos concursos para a Polícia Civil”.

Historicamente, o novo pedido está na Secretaria Estadual de Gestão Pública desde maio, onde aguarda autorização para o preenchimento de mais de 3,9 mil vagas a partir do próximo ano, o que não impede que as seleções acontecem ainda em 2017.

Sobre o tema, selecionamos 10 Dicas Matadoras para Passar no Concurso da Polícia Civil – LEIA AGORA!

2 – Seja Persistente

Anderson Sobra foi aprovado em 1º lugar como Assistente Técnico da Procuradoria Geral em 2009. Para ele, o mais importante é nunca abrir mão do seu sonho.

Anderson conta que já ficou desanimado muitas vezes, durante os estudos, e pensou, até mesmo, em jogar tudo para o alto – levando em conta uma rotina de estudos intensa e demorada.

Mas, quando foi aprovado, ele diz que a satisfação é única!

Reprodução: Google

3 – Faça Muitos Simulados

Esse é outro segredo e pode parecer simples demais, porém foi exatamente o que fez com que o Anderson Gallozio passasse na prova de Agente da Polícia Rodoviária Federal, em 2008.

Ao todo, antes de ter sucesso na vida de concurseiro, Anderson fez mais de 50 simulados e atribui a isso o seu sucesso.

Os testes mostraram a ele qual era o real patamar de dificuldade do exame e alimentaram o espírito de competitividade, que, para o policial, ajudou na preparação da vida estudantil.

Dica Importante sobre o PRF – Polícia Rodoviária Federal

É preciso ter nível superior em qualquer área e os salários são de 9 mil reais. A prova é feita com questões das seguintes áreas: Matemática, Direito Constitucional, Ética, Noções de Informática, Direito Administrativo, Penal, Processual Penal, Legislação Especial, Direitos Humanos e Física Aplicada à Acidentes Rodoviários.

O concurso é organizado pelo CESPE/UnB (Vamos ter um tópico falando sobre essa banca, ao final do artigo) e no último edital, que é de junho de 2013, o valor da taxa de inscrição era de 150 reais.

A prova foi dividida em Objetiva (Conhecimentos Básicos e Específicos), Discursiva, Exame Físico, Avaliação de Saúde e Psicológica, Investigação Social e Avaliação de Títulos.

O edita do último concurso está disponível em: Polícia Rodoviária Federal – Edital 2013!

4 – Gostar do Trabalho que vai Exercer

Esse é meio caminho andado para que a motivação não se dilua durante os estudos.

E é o segredo revelado por Rafael Dangelo, que pensou nas suas funções – que eram muito agradáveis – além de levar em conta a estabilidade financeira e a vida tranquila.

Ele foi aprovado em 2003 no cargo de Técnico de Orçamento do Tribunal de Contas do Município – e hoje ele diz que não troca seu trabalho por nem um outro!

5 – Estudar em Coletividade

Estudar sozinho está em alta devido às facilidades que isso proporciona – são muitos os benefícios, a se começar pela diminuição de gastos ou pela otimização de tempo.

Assim, muitos concurseiros encaram os colegas de prova como rivais – o que não deveria acontecer. Para Elielson Costa, que foi aprovado como Analista Geral no Instituto de Resseguros do Brasil, em 2004, estudar em grupo é o grande segredo.

Dessa forma, ele conseguiu entender facilmente as matérias.

Ele diz que estudar com companheiros torna a tarefa mais fácil e menos cansativa, facilitando na hora de tirar dúvidas e trocar conhecimentos.

6 – Caprichar nas Anotações

O caderno de anotações de Thomas Jorgensen, 1º colocado em 2012 do concurso de Auditor-Fiscal da Receita Federal, são repletos de rabiscos – a cada novo estudo, uma nova anotação é feita, sempre assim!

Thomas diz que considera essa atitude uma estratégia importante e vencedora para passar em qualquer concurso público – ele acredita que era preciso personalizar os materiais, assim fez com que tudo ficasse mais fácil para ser lembrado na hora da prova.

Como visto, deu certo!

Informação Importante sobre Concursos da Receita Federal

Exige Nível Superior e oferece salário de quase 10 mil reais. As questões são de Língua Portuguesa, Espanhol ou Inglês, Raciocínio Lógico, Direito Constitucional e Administrativo, Tributário, Informática e outros.

O último edital disponível é de 2012 e foi organizado pela ESAF. Na época foram disponibilizadas 750 vagas. Veja na íntegra: Receita Federal – Edital de 2012!

7 – Ser um Estudante Dedicado

Ele é filho de costureira e de autônomo – mas isso nunca foi empecilho.

Dedicado nos estudos, Jamerson Cruz da Silva conseguiu a façanha de passar em 16 concursos públicos no Acre e o segredo você já deve imaginar: dedicação diária nos estudos.

“O segredo é a questão da dedicação em casa. Todas as minhas horas vagas são para os estudos, então, varia de 4 a 6 horas por dia, mas tem que dia que só tenho uma hora”, ele garante.

“O importante é estudar todos os dias”.

8 – Renunciar à uma parte da Vida

O mesmo Jamerson também diz que ter renúncias é imprescindível para quem tem o sonho de se tornar um servidor público.

“Outra coisa é a renúncia. Já abdiquei vários momentos de lazer e vida social para me manter estudando, mas, graças a isso, passei nos concursos”, ele afirma.

Entre as posições, o estudante conseguiu sucesso em concursos disputados, como da Polícia Militar, Agente Penitenciário e Perito Criminal.

9 – Ensinar outras Pessoas

Julio Cesar Salustino é um caso de sucesso porque ele conseguiu a aprovação na primeira tentativa – isso em 2005, quando estava desempregado.

O segredo revelado por ele? “Quando eu chegava do cursinho ensinava a outras pessoas tudo que tinha aprendido”, ele recomenda.

O resultado foi a aprovação no concurso público da Política Militar do Rio de Janeiro.

Notícia Urgente: Concurso Público PM-SP 207

Concurso Público da Polícia Militar do Estado de São Paulo é, sem dúvidas, um dos mais concorridos do país.

Porém, a seleção é considerada desgastante já que tem muitas etapas a ser seguidas até que se chegue à aprovação final. Portanto, o candidato que tem interesse nessa vaga precisará se preparar.

Essa é a notícia mais recente que foi publicada sobre o concurso público da PM-SP. A banca organizadora é aquela responsável pelos concursos autorizados. O Departamento de Seleção da Polícia Militar de São Paulo escolheu a Vunesp como Banca Organizadora.

A expectativa já era essa mesmo porque a empresa tem tradição de organizar todos os concursos da PM de São Paulo, inclusive, nos últimos concursos, que foi para Soldado e para Oficial.

Além disso, a instituição já tinha mostrado interesse para prover os cargos.

A escolha foi publicada no Diário Oficial no dia 24 de agosto – “sobre a contratação de serviços técnicos especializados, de planejamento, organização , controle e execução de concurso para provimento ao cargo de Soldado de 2ª Classe PM, junto à Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Vunesp”.

No mesmo Diário só que de dois dias antes, a Vunesp também foi escolhida para selecionar os oficiais da Academia de Barro Branco.

Conforme o Departamento de Alistamento de Seleção da PM de São Paulo, os oficiais já se reúnem para definir os detalhes do edital. A expectativa é conseguir publicá-los nos próximos meses, já que, segundo a corporação, a autorização prevê que o edital seja lançado ainda em 2017.

Saiba Tudo sobre o Concurso Público da Polícia Militar de São Paulo. 

10 – Foco no Objetivo

Para a Jornalista Maíra Gomes, o mais importante é ter foco no objetivo, mesmo que para isso você tenha que estudar sozinho em horários alternativos.

Foi dessa forma que ela conseguiu passar na seleção do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, em 2006.

Ela estudou por conta própria durante 4 meses e dedicou toda sua atenção ao estudos, fazendo resumos para absorver melhor o conteúdo.

11 – Tranquilidade na Hora da Prova

Esse é mais um segredo!

E foi comentado por Priscila Torres que enquanto trabalhava como carteira, estudou para outro concurso dos Correios (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos).

“Eu tinha um horário bem distribuído de preparação para a prova, sendo sempre utilizado conforme imprevistos. Tenho facilidade com estratégias de estudo”, explicou.

Atualmente ela estuda para passar em outro cargo, da Polícia Militar e garante que vai continuar usando a mesma estratégia – de manter a calma durante a prova.

Correios ainda não divulgou o edital…Solução é começar a estudar desde já… Saiba como!

Empresa Brasileira de Correios e Telégrafosestá com o a ocupação de, pelo menos, 2 mil vagas suspensas desde o concurso realizado em 2015. Portanto, para 2017, a definição permanece indefinida, sem que acha uma posicionamento oficial para as vagas mais disputadas, como a de Agente de Correios.

Assim, com a conclusão do Plano de Desligamento Incentivado para Aposentado (Pdia), especialistas afiram que a realização de um novo concurso se torne realidade nos próximos meses.

O Pdia é um programa de demissão voluntária, que até fevereiro deste ano já havia confirmado mais de 5 mil adesões. Por isso, a visão é otimista.

No entanto, para os mais pessimistas, é possível observar que os Correios acumulam um prejuízo milionário, que também precisa ser levado em conta, mesmo que seja necessário novas contratações.

Conforme informações do G1:

A empresa planeja também fechar cerca de 200 agências neste ano, além de uma série de medidas de redução de custos e de reestruturação da folha de pagamentos. Segundo os Correios, o fechamento dessas agências acontecerá sobretudo nos grandes centros urbanos.

Segundo o presidente dos Correios, Guilherme Campos, a demissão de servidores concursados está na pauta e vem sendo estudada. Segundo ele, os Correios não têm condições de continuar arcando com sua atual folha de pagamento e contratou um estudo para calcular quantos servidores teriam que ser demitidos para que o gasto fosse ajustado.

Agora, caso seja publicado, o edital deve ofertar vagas imediatas e também a formação de cadastro de reserva para o cargo de Agente de Correios, que exerce a função de Carteiro e Operador de Triagem e Transbordo (OTT), de nível médio.

Quanto às organizadoras, a Cespe e a Cebraspe são as mais cogitadas, já que foram as responsáveis pelos últimos grandes concursos . Mas, isso é só especulação, levando em conta que não há nada confirmado até o exato momento.

12 – Qualidade do Estudo

Amanda Lopes é formada em ciências contábeis e passou na Guarda Municipal da Prefeitura de Fortaleza logo na sua 1ª tentativa. Ela diz que o mais importante é a preparação para a prova, que inclui a qualidade das horas de estudo e não apenas a quantidade.

“Estudei sozinha por dois meses e, em geral, dava menos atenção para disciplinas em que tinha uma boa base conhecimento. Também fiz um cursinho só de exercícios. Lembro que senti realizada quando descobri que fui aprovada”, ela conta.

E ela jura, de pé junto, que isso não foi sorte de principiante – mas estratégia certa.

“Não acredito na sorte. Acho que a base de conhecimento que fui construindo ao longo da vida foi o meu diferencial, o que fez com que eu passasse. Mas no dia da prova pedi muito a Deus para me ajudar”, ela afirma.

Nos dias atuais ele estuda para concursos da Secretaria da Fazenda e da Receita Federal.

13 – Leitura Repetida

O assistente de desembargador do Tribunal do Trabalho de São Paulo e conta que iniciou seus estudos para o cargo de oficial de promotoria do Ministério Público de São Paulo, em 2006, quando teve sucesso.

Ao todo, Gustavo fez 10 concursos usando o método de leitura repetida do texto legal, conhecida como “Lei Seca”.

“A ideia do desenvolvimento surgiu da minha experiência pessoal. Após estudar para cursinho preparatório para os tribunais do trabalho. Eu fiz a seguinte proposta: deixar de assistir as aulas dos cursinhos e tentar fazer da mesma forma que eu fiz na preparação – Leitura Repetida”.

Até hoje ele continua estudando para concursos públicos.

14 – Prestar para Passar

Para Manoel Carlos, a insegurança do seu emprego em uma empresa privada é o que motivou o estudo para um concurso público.

“No meu último ano de emprego comecei a juntar dinheiro já com o objetivo de pedir demissão. Queria estabilidade. Recebi muitas críticas, principalmente da família. Achavam que eu era doido”, ele diz.

Mas, após a demissão, ele passou a estudar de 8 a 12 horas diárias, baseando-se em depoimentos de aprovados.

“O que eu vejo é que muitos candidatos, até com potencial, vão prestar o primeiro concurso com o pensamento de fazer para testar. Para mim, o concurseiro deveria começar a estudar pensando: vou fazer para passar”, ele avalia.

Ele é formado em assistente de administração e com esse pensamento conseguiu sua vaga no concurso público da Universidade Federal Fluminense.

15 – Esteja sempre Motivado

William Douglas é uma figura conhecida no mundo dos concursos públicos. Ele conseguiu ter êxito em várias provas consideradas difíceis e, depois disso, especializou-se em escrever artigos para a internet, contando sua experiência.

A maior dica que ele dá é sobre manter-se sempre motivado para os estudos.

“Você precisa de motivação. Ela é quem nos anima e ela é quem nos faz segurar a barra nas horas mais difíceis e recomeçar quando algo dá errado”, ele diz.

“A motivação é pessoal e só você pode dizer o que lhe dá ânimo para trabalhar, prosseguir, crescer. As outras pessoas podem ajudar na motivação, mas não nos dá de presente”, ele garante.

Assim, ele conclui dizendo que a motivação pode vir de vários fatores e motivos, como Deus, Família, Riqueza, Dinheiro, Tempo e Resolução de Problemas. Além, como já falamos aqui, da Segurança.

16 – Plano de Estudos

O mesmo William fala sobre planos de estudos, que é totalmente eficaz e importante para quem tem o objetivo maior de passar em concursos públicos.

Assim, ele define o plano em três pontos importantes:

  • Definição dos Objetivos (já falado aqui),
  • Técnicas para aumentar o rendimento do estudo,
  • E Técnicas específicas para fazer as provas e as entrevistas.

“O primeiro passo é fazer o tradicional quadro horário, colocando nele todas as tarefas a serem realizadas”, ele diz.

17 – Ver a Prova com Outros Olhos

Deixamos a dica final também nas palavras de William Douglas – ele diz que o candidato está acostumado a ver as provas como aluno, mas isso não é o certo a se fazer. Para ele, é preciso ver com os olhos do examinador.

“Se um médico, um engenheiro, um advogado e um político virem uma ponte ruir e pessoas se ferirem, é possível que haja quatro modos de avaliar o fato: um pensará em socorro médico, outro em qual foi a falha na construção, outro em ações de indenização e o último em mais um ponto de sua plataforma eleitoral”, ele observa.

Assim, o ideal é ver como examinador para a prova ter mais qualidade.

Técnicas de Memorização para Aprender Mais Fácil e Rapidamente

Vai dizer que você nunca passou por essa situação: estuda, estuda, estuda o dia todo e quando chega a noite parece que seu estudo não rendeu, absolutamente, nada.

É meio desesperador isso, não é? Se você já passou por essa situação pode ser que você esteja estudando de forma equivocada.

Selecionamos algumas dicas para você fazer sua dedicação ao estudo render, muito, mais.

As orientações aqui prestadas vão te ajudar a aumentar o seu aprendizado, através de pontos importantes e simples: como a concentração e a memorização.

Muitas pessoas são aversivas às essas técnicas, mas simplesmente por não conhecerem o seu efeito positivo e benéfico para os estudos.

Atente-se ao fato de que não estamos falando em enganar o seu cérebro e sim de fazê-lo fixar um pouco mais os conteúdos vistos.

Para otimizar tempo e aumentar a fixação de conteúdo, siga essas dicas a partir de hoje – lembrando que o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) acontece em novembro, dos dias 5 e 12.

Separamos 10 Técnicas… Quer Conhecer, Leia! 

Com informações do UOL, G1

17 Segredos para Passar no Concurso Público – Revelados Por quem Já conseguiu!
5 (100%) 1 vote

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

DEIXE UMA RESPOSTA