Concurso da Polícia Federal 2017: Como Conciliar os Estudos com o Trabalho e os Treinamentos Físicos?

0
93

Já falamos aqui que o Concurso da Polícia Federal vai acontecer em 2017! E, conforme Leandro Daiello, diretor da Polícia Federal, os trâmites para a realização do concurso já foram desencadeados. “O processo para a efetivação do concurso já foi, inclusive, enviado para análise dos ministérios da Justiça e do Planejamento. No caso de delegado e perito, a intenção é preencher 558 vagas”.

Sabendo disso, a 1ª medida que todos os interessados devem tomar é organizar uma estratégia de preparação visando o concurso, pois adquirir diferenciais é fundamental para ficar na frente da concorrência.

E esse artigo é justamente para isso: mostrar como é possível iniciar os estudos para o Concurso da Polícia Federal e, ao mesmo tempo, conciliar com o Trabalho e os exercícios físicos que são importantíssimos para que os estudantes tornem-se servidores públicos.

Afinal, como muito já falamos aqui a maior parte dos estudantes que obtiveram sucesso nos concursos tinham essas três atividades diárias. Então, se eles conseguiram você também pode conseguir. Mas, como será que eles faziam? Confira agora as melhores dicas para manter-se no rumo certo e alcançar o objetivo final: tornar-se um Policial Federal.

Reprodução: Google

Leia Também: Como Ser Aprovado no Concurso da Polícia Federal?

O salário de agente da Polícia Federal pode ultrapassar 9 mil reais. Esse é o principal atrativo aos candidatos, o que faz com que a concorrência seja grande. Os últimos dados referem-se ao ano de 2012, quando o concurso público apresentou mais de 108 mil inscritos, sendo apenas 500 vagas disponíveis, o que dá uma média de 215 candidatos por vaga. E também ao ano de 2014, quando foram mais de 98 mil inscritos.

Já em 2014 foram abertas 600 vagas, com salários de 8,5 mil reais e taxa de inscrição de 150 reais. Em todos os anos, os candidatos interessados na vaga devem ter um curso superior, independente da área, no currículo. Essa é uma das primeiras exigências.

O concurso, que não é aberto anualmente – mas em períodos que podem ser longos, de 5 anos, por exemplo – é divido em 5 etapas: a prova objetiva, a prova discursiva, o exame de aptidão física, exame médico e o exame psicológico. Vamos detalhar cada uma dessas etapas!

Como Ser Aprovado no Concurso da Polícia Federal?

Rotina

Pense em uma pessoa que trabalha em horário comercial, das 8 horas da manhã até às 18 horas da tarde, durante 5 dias da semana e aos sábados até o meio dia. Aí, uma das primeiras coisas a se pensar é: “Será que existe uma fórmula do tempo”? Bom, conforme os especialistas tem que haver uma lista de itens a serem pensados para encontrar tal fórmula:

  • Estabeleça Prioridades,
  • Organize o Tempo,
  • Trace Metas de Curto e Médio Prazo,
  • Registre suas Intenções no Papel.

Mas, será que tudo isso é possível? Essa é a grande questão a ser respondida por que a teoria parece dar certo, mas na prática as coisas são bem complicadas de serem executadas. E, aliás, essa dificuldade é justamente o 1º ponto a ser pensado por quem quer encontrar a fórmula do tempo.

Força de Vontade! Essa é a palavra de ordem. Analisando por fora, fica muito bonito de se ver as pessoas que obtém êxito e conseguem, quase que literalmente, “tirar leite de pedra” e chegar à aprovação. É um ato heroico, louvável e, com certeza, vai significar um sacrifício de esmiuçar metodicamente a quantidade de tempo que ainda sobre no dia a dia.

Esse sacrifício envolve acordar mais cedo e aproveitar, ao menos, 1 hora de estudo nesse período. Fazer o mesmo no horário de almoço. Aproveitar o caminho de deslocamento entre a casa e o trabalho. E vice-versa. Aproveitar alguma parte do final de semana para estudar matérias do concurso. Dividir aquilo que é considerado um estudo fácil, do difícil e do que é muito ainda mais complexo. E, obviamente, abrir mão de alguns prazeres e lazeres da vida. Isso tudo faz parte do sacrifício.

A rotina, na maior parte da vida dos estudantes, vai precisar ser metódica ao ponto de contar as horas, os minutos e os segundos do dia a dia. Ah, e nunca ache que alguém está atestando a sua incapacidade, isso é um sofrimento que causa muito dilema, mas quase nenhum resultado positivo.

Desistência

Normalmente, um dos principais motivos para a desistência dos candidatos dos concursos da Polícia Federal é quanto à musculação, ou seja, os exercícios físicos. A prática da musculação, por necessitar de muita paciência, torna-se um dos primeiros itens à serem deixados de lado, mesmo sendo tão importantes quanto os outros.

Para se ter uma ideia, os praticantes de futebol conseguem treinar apenas 2 ou 3 horas diárias em dias alternados, se divertem e tem bons resultados de melhoria nas sua aptidões no esporte. Já na musculação a intensidade precisa ir além disso e envolvem, de forma muito assídua, uma nutrição balanceada, além de exigir um período maior de descanso.

Reprodução: Google

Aí, quando a pessoa está focada na musculação e na dieta, ela acaba, quase que automaticamente, ficando com déficits no aspecto social. Afinal, com as festas regadas á alimentos não saudáveis e bebidas alcoólicas, é difícil manter-se dentro das exigências de quem quer estar dentro da Polícia Federal em alguns meses.

Ah, além da seriedade da musculação e dos fatores sociais, tem também a questão dos aspectos econômicos, os quais são limitadores para muitos indivíduos.

Para evitar que você desista do seu objetivo, principalmente, quando falamos da parte dos exercícios físicos e da alimentação saudável, fizemos uma breve busca na internet e encontramos algumas fórmulas que podem te ajudar a manter-se no caminho correto. Leia!

  • Trabalho em Local Rígido: O ideal é que, em lugares onde a alimentação saudável é muito difícil de ser feita, utilize-se os shakes, que garantem uma boa nutrição e são fontes de proteínas, aminoácidos e outros nutrientes.
  • Para quem Gosta de Cerveja: A cevada é considerada uma fonte energética, porém, nem sempre é indicado tomar muita cerveja entre os treinos. Também não é aconselhável “encher a cara” nos finais de semana.
  • Alimentos Perigosos: Seja para agradar a mãe, o pai, a namorada ou o amigo… Tem gente que aceitar comer qualquer coisa para agradar os outros. No entanto, existem alguns alimentos que fazem muito mal à saúde e que pode colocar tudo por água abaixo, como as guloseimas e os lanches gordurosos.
  • Falta de Tempo: Os Shakes, como dito, são boas alternativas. Além disso, existem várias alternativas de lanches práticos e saudáveis, além de barras proteicas, entre outros. O ideal é que se evite comer aquele cachorro quente ou os salgados durante o caminho para a casa ou para o cursinho.
  • Desejos Proibidos: Não sofra por não poder comer algo, mas forneça ao corpo apenas pequenas quantidades daqueles alimentos que não são indicados. É melhor comer uma barra de chocolate durante a semana, do que comer uma caixa de bis em uma única “sentada” no final de semana.
  • Drogas e Entorpecentes: Se você faz uso desses tipos de substancias, então, precisa procurar imediatamente um auxílio médico e também psicológico. Nós não estamos aqui para julgar quem faz o uso dessas substancias, porém, um bom candidato à Polícia Federal precisa se preservar durante a preparação da prova.

Como Considerar o Papel da Atividade Física na Preparação do Concurso Público

Os benefícios das atividades físicas são imensos e não nos cabe aqui listar todos. Para o concursando, eles também se mantêm e contribuem de forma significativa por melhorar as habilidades cognitivas e o desempenho mental, além de proporcionar um bem-estar psicológico imenso, o que reduz o estresse, por exemplo.

Um estudo feito na Irlanda comprovou, com pesquisas, que os exercícios físicos afetam o cérebro. Os cientistas concluíram que quem pratica exercício físico tem desempenho melhor do que os voluntários que apenas ficam descansando.

A atividade física tem que ser vista como uma tática adotada pelos vencedores e não como uma perda de tempo. Logo, eles podem ser feitos em qualquer lugar, como no quarto, no quintal, em uma sala de ginástica, na escada do prédio ou nas redondezas do apartamento.

Agora, para os candidatos à carreiras policiais e militares, esses exercícios tem que ser melhore pensados, já que prática tem que estar dentro do TAF, Teste de Aptidão Física, que é importante para que o candidato chegue ao êxito.

As 10 Melhores Dicas para Você Gabaritar as Provas do Cespe/UnB….

Para se ter uma ideia, esse teste é feito por etapas e costumam ser eliminatórios e com provas consideradas difíceis e sofridas, entre elas, a barra fixa, o salto em distancia, natação, corrida de 12 minutos, entre outros.

Aí, como já falamos, o Treinamento Físico é um dos pontos na qual o candidato mais se perde e se distancia de obter um bom resultado final na prova da Polícia Federal. Sobre isso, um erro fatal é começar a estudar apenas após a divulgação do edital. Se isso acontecer, lamentamos dizer, mas é muito difícil que o candidato consiga cumprir as exigências da prova física.

Para se ter uma ideia, em 2016, um concurso da Polícia Militar de Pernambuco reprovou muitos candidatos no exame que avaliava as condições física, sendo que em um total foram excluídos mais de 2,7 mil candidatos.

Se não é o correto começar a treinar quando sai o edital, qual a recomendação?  Conforme especialistas, o ideal é começar a treinar, no mínimo, 3 meses antes da prova e mantendo sempre uma regularidade. E, é importante não começar a treinar sem a orientação de um médico especialista.

Nenhuma prova exige que o candidato esteja matriculado em alguma academia, mesmo porque existe a questão das limitações financeiras. No entanto, o ideal é que haja um acompanhamento baseado nas exigências feitas pelo concurso, com treinos que envolvam força, flexibilidade e resistência.

A prova objetiva contém 50 questões de conhecimentos básicos e 70 de conhecimentos específicos, além da redação. Depois, há a avaliação psicológica, prova de capacidade física e os exames médicos. Há algumas mudanças para os cargos de papiloscopista e escrivão.

Principais Dúvidas sobre o Concurso Público da Polícia Federal

Idade Máxima: Lia Salgado já tira a 1ª grande dúvida de alguns concurseiros: “Não há limite máximo de idade. É preciso ter, apenas, a idade mínima de 18 anos e respeitar o limite para a aposentadoria compulsória, que é de 65 anos”.

Diploma de Nível Superior: “Quem tem diploma de curso sequencial de formação especifica pode participar de concurso cujo edital exija graduação de nível superior. E quem tem curso sequencial de complementação de estudo, que dá certificado, não poderá participar de concurso de nível superior porque esse curso não concede um diploma registrado no MEC”, afirma Lia.

Portadores de Necessidades Especiais: O Supremo Tribunal de Justiça já decidiu que o Portador de Necessidades Especiais pode provar que tem condições de exercer o cargo durante o estágio comprobatório. Mas o tema ainda está sendo debatido pelo governo. Atualmente, o STF exigiu que vagas à esses candidatos fossem inseridos nos concursos.

Reprodução: Google

Convocações para o Curso de Formação Profissional: As convocações são publicadas por meio de editais, no Diário Oficial da União e no sítio da empresa organizadora do certame.

Veja os Concursos Abertos para Polícia Federal, Marinha e outros que pagam a partir de R$ 10 mil

Os salários variam de 10 à 25 mil reais e, ao todo, são mais de 1,2 mil vagas oferecidas para diversos níveis de escolaridade. A Prefeitura de Nova Alvorada do Sul, em Mato Grosso do Sul, por exemplo, oferece mais de 230 vagas com salários de 12,4 mil reais. Listamos cada uma dessas oportunidades, confira!

Veja os Concursos Abertos para Polícia Federal, Marinha e outros que pagam a partir de R$ 10 mil

Conheça agora os principais Cargos da Polícia Federal

Delegado de Polícia Federal: Com dedicação exclusiva, executando as atividades de nível superior, principalmente de direção, supervisão de coordenação, de planejamento, orientação e controle de administração, bem como investigações e procedimentos.

Agente da Polícia Federal: Executa investidores e operações policiais na prevenção e na repressão a ilícitos penais, bem como desempenha outras atividades de interesse do órgão.

Escrivão da Polícia Federal: Tem que dar cumprimento às formalidade processuais, lavrar termos, autos e mandatos, observando os prazos necessários, bem como desempenhar outras atividades de interesse do órgão.

Perito Criminal: Executa atividades técnico-cientificas de nível superior de descobertas, de defesa, de recolhimento e de exame de vestígios em procedimentos pré-processuais e judiciários.

Papiloscopista Policia Federal: Executa, orienta, supervisiona e fiscaliza os trabalhos de coleta, análise, classificação e pesquisa, bem como assistir à autoridade policial e desenvolver estudos na área.

Grávida de seis meses passa no teste físico de concurso da PF no Piauí

Uma história compartilhada no site G1 tem que ser reproduzida aqui porque é muito motivacional. Carolina Azevedo, de 26 anos, conseguiu um êxito impressionante: ela teve muito preparo, foco e determinação para conseguir passar no teste de aptidão física no concurso para agente da Polícia Federal, um dos mais difíceis do Brasil, mesmo estando grávida de 6 meses.

A bacharel em direito contou que, quando ficou sabendo que havia passado nas provas objetivas, fez as contas e descobriu que faria o teste físico com 24 semanas de gravidez. Mas isso não foi motivo para a desistência, já que a preparação havia começado há 3 anos e, então, faltava apenas esse texto para que ela conseguisse chegar ao sonho.

“No treinamento, senti dores nas costas e abdominais. Mas, como eu já tinha um bom condicionamento físico, não foi tão difícil assim”, ela contou.

E continuou falando: “fiquei com medo de não conseguir passar em todos os testes porque o físico é bem difícil, assim como a parte objetiva. No final, eu tive 30dias de treinamento muito intenso, claro que respeitando as limitações que vem com a gravidez e levando em conta que eu havia aumentado 8 quilos”.

Reprodução: Google

Por curiosidade, Carolina precisou fazer os seguintes testes obrigatórios: barra estática com permanência de 15 segundos, teste de impulsão com distancia de 1,66 metros, 50 metros de natação com tempo máximo de 52 segundos e 2,02 km de corrida com um tempo máximo de 12 minutos.

É importante saber que o edital não leva em conta qualquer alteração no corpo. “Os casos de alteração psicológica ou fisiológica temporários, como a gravidez, impossibilitam a realização do exame ou diminuem a capacidade física dos candidatos, que não serão levados em consideração, não estando concedido a qualquer tratamento privilegiado”, diz o edital.

A Prova Física de Carolina

A grávida conseguiu ir bem à barra suspensa e no salto. Já na natação, ela passou mal e precisou ser atendida por uma ambulância. “São duas tentativas para cada candidato e eu parei na primeira porque senti muitas dores abdominais e fui socorrida pela ambulância. Me deram um intervalo de 20 minutos para recuperar o fôlego e tentar novamente”.

“Eu fiquei muito nervosa e apreensiva porque ser uma policial é um objetivo pelo qual você dedica muito tempo da sua vida. É uma meta. A gravidez foi uma surpresa. Então, quando você vê algo acontecer do qual você se planejou de forma diferente, então, isso cria uma apreensão. Mas, felizmente, na segunda tentativa, eu consegui”.

Dicas para o TAF

Conforme o site fiqueinforma, existem algumas dicas fundamentais para treinar para a prova TAF. Confira:

  • Leia o edital com atenção. Cada detalhe do posicionamento do corpo para a execução do exercício é importante.
  • Uma das regras do treinamento é a especificidade do exercício, portanto para ter um ótimo desempenho é preciso treinar o próprio movimento. Se você está parado a muito tempo e não consegue executar o exercício, pode começar a treinar com uma versão mais fácil.
  • Não dá para fazer milagre. Iniciar os treinos com antecedência é fundamental. Quanto tempo você irá precisar? Impossível saber, depende do seu condicionamento inicial, do quanto irá se dedicar e de quanto tempo terá até a prova.
  • A princípio, não é preciso se matricular em uma academia, mas contar com a ajuda de um professor de educação física para lhe orientar pode ser útil. Além de ajudar no treinamento ele poderá dosar as atividades evitando que você exagere no começo, se lesione e acabe de vez com as chances de participar do concurso.

Barra: Os homens geralmente tem que fazer um determinado número de execuções e as mulheres apenas se sustentar por um tempo.

  • Se você consegue fazer menos do que precisa:monte um cronograma que preveja o aumento gradativo das repetições até alcançar o número desejado. Deixe as últimas duas semanas para treinar resistência.
  • Se você não consegue executar o movimento:Se estiver em uma academia, comece a treinar no gravitron, um equipamento que ajuda na execução de barras. Pode também prender um elástico ou um abanda elástica em uma barra (amarre bem!) em forma de U, faça as flexões na barra ajoelhado no elástico, quanto mais apertado estiver, mais fácil será. Aos pouco vá liberando até conseguir realizar o movimento sem esse auxílio.
  • Exercícios auxiliares: para complementar seu treino faça exercícios para a musculatura dorsal e para o bíceps.

Flexão de braços: Os homens geralmente tem que fazer com os pés apoiados no chão e as mulheres de joelho.

  • Se você consegue fazer menos do que precisa:monte um cronograma que preveja o aumento gradativo das repetições até alcançar o número desejado. Deixe as últimas duas semanas para treinar resistência.
  • Se você não consegue executar o movimento:Começe a fazer o exrcício de joelhos no chão. Se ainda assim não conseguir começe em pé com as mãos na parede. Vá passando para um plano mais baixo, por exemplo, com as mãos apoiadas no sofá, vá passando para planos mais baixos até conseguir fazer no chão.
  • Exercícios auxiliares: para complementar seu treino faça exercícios para a musculatura peitoral e tríceps.

Com informações do ConcursoPF e Concursosnobrasil

Concurso da Polícia Federal 2017: Como Conciliar os Estudos com o Trabalho e os Treinamentos Físicos?
5 (100%) 1 vote

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

DEIXE UMA RESPOSTA