9 Passos para Acabar com a Procrastinação na Hora do Estudo

0
66

Procrastinar, no dicionário, é o ato de adiar algo ou prolongar uma situação deixando-a para ser resolvida depois. É um comportamento considerado normal ao ser humano, porém pode ser prejudicial quando começa a impedir o funcionamento de rotinas pessoais ou profissionais de uma pessoa.

O verbo é usado para neglicenciar as atividades, ou seja, é quando um trabalho não recebe a devida atenção e importância que deveria, sendo deixado de lado para que outras produções sejam feita, já que são consideradas mais importantes.

Não é incomum que o ato de procrastinar esteja relacionada com a ansiedade, o estresse, a falta de criatividade ou outros sentimentos.

Para isso, existem técnicas simples que ajudam as pessoas a diminuírem o ritmo da procrastinação, focando principalmente na otimização da divisão do tempo de produção de trabalho, entretenimento e descanso.

Uma dessas técnica é chamada de Pomodoro, desenvolvida por Francesco Cirillo, ainda na década de 1980. Ela funciona assim: uma pessoa tem que dividir a atividade em períodos de 25 minutos – chamados de pomodoros.

No intervalo desse tempo, tem que haver um intervalo de 5 minutos de descanso entre cada pomodoro. Então, a cada 4 pomodoros, a pessoa tem o direito a descansar por um período maior – de 30 minutos para depois retornar a atividade.

Muitos alunos usam essa técnica para estudar. Se vale a pena ou não é você quem tem que decidir – desde que seu conhecimento seja aumentado.

Ainda conforme o dicionário, há alguns sinônimos para procrastinar: adiar, espaçar, postergar, atrasar, demorar, prolongar, retardar, protelar , pospor, diferir, delongar, entre outros.

Nara Lopes Moreno é psicóloga e terapeuta ocupacional do Hospital São José, em Teresópolis, e diz que, na maioria dos casos, a procrastinação é inocente, um mecanismo de defesa da sobrecarga das tarefas.

“Existe uma pressão grande para darmos conta de tantas atribuições. Quando não consegue, a pessoa pode ficar sujeita a doenças emocionais”, diz.

Reprodução: Google

Exemplo de Procrastinação

Um universitário tem que entregar um trabalho na faculdade daqui há 30 dias, porém, ele deixa isso de lado, já que falta muito tempo. Só que o tempo passa e o universitário não se dá conta que agora falta apenas 1 único dia para entregar tal documento.

Se ele pudesse fazer um pouco por dia, talvez não cansaria tanto. Mas, agora, terá que fazer tudo em apenas 24 horas.

Pensando nisso, os estudiosos chegaram a conclusão de que, na maior parte das vezes, a procrastinação só funciona no dever, sendo que, normalmente, não procrastinamos quando gostamos ou sentimos prazer.

“A maioria de nós começa o dia procrastinando, ao apertar aquele botão do despertador que permite ficarmos na cama por mais cinco minutos”, afirma o psicólogo Joseph Ferrari.

Por que Procrastinamos?

Existem vários motivos que nos levam a procrastinar – separamos alguns.

Gratificação Instantânea – ficar largado no sofá, comendo bolo de chocolate dá mais prazer do que pegar os livros para estudar, não é? Essa gratificação instantânea dá a falsa ideia de que você poderá sentir prazer eterno, o que não acontecerá.

Temos Medo de Algo – As vezes nos dá a sensação de parecermos idiotas ou estúpidos demais. É o famoso medo do desconhecido, que fica escondido no nosso subconsciente.

Não há Consequência Negativa Imediata – Na hora, não há coisa melhor do que sentir prazer, mesmo que essa Gratificação seja Instantânea. É por isso que procrastinamos- nem sempre vemos que isso gerará resultados negativos no futuro.

Exagero na Estimativa de Quem Seremos no Futuro – Sempre temos a ideia de que o futuro será bom o bastante. É por isso que não vemos problemas em enrolar as atividades e deixa-las para outra hora.

A Procrastinação Atrapalha o Rendimento Acadêmico

Provas para estudar, relatórios para terminar, dever de casa, imposto de renda para enviar… Tudo isso parece ser bagagem demais para carregarmos. Afinal, ninguém é de ferro, não é?

Aí, 10 minutinhos que você perde no Instagram ou no Facebook e parece que você perdeu todo tempo do mundo.

“A procrastinação é capaz de arruinar vidas. Pode, por exemplo, causar um derrame cerebral: uma pessoa pode ter sintomas como dor de cabeça e vômitos e resolver não ir ao médico naquele momento. Quando muda de ideia, é tarde demais”, diz Joseph Ferrari, que é professor de Psicologia da Universidade DePaul, nos Estados Unidos.

Não só por isso, mas também por muitos outros motivos: as pessoas sempre dão um jeito de procrastinar. Só que isso afeta o rendimento acadêmico.

Um grupo de pesquisadores da Universidade do Sul da Califórnia (USC), nos Estados Unidos, diz ter chegado a uma forma eficaz de se livrar da procrastinação, que pode ser expressa pela fórmula: “pensa no futuro como agora”.

Assim, o que esses cientistas descobriram é que ao calcular o tempo que resta para realizar uma tarefa, o melhor é usar escalas menores de tempo.

“Quando pensamos de maneira mais granular, usando dias em vez de anos, sentimos que o futuro está mais perto”, diz Daphna Oyserman, líder da pesquisa e codiretora do Centro Dornsife de Mente e Sociedade, da USC.

Dicas para Acabar com a Procrastinação

A psicóloga Claudia Nogueira diz que as pessoas devem experimentar e encontrar aquilo que funciona melhor para si. O fundamental, segunda ela, é que a pessoa reconheça que está procrastinando. “Só assim ela conseguirá mudar”.

Conheça sua Personalidade

Analise o seu modo de agir e de ser determinado, observando quais momentos você realiza suas atividades com prazer.

Algumas pessoas, por exemplo, preferem estudar de noite, enquanto outras são diurnas. Com isso, se você conhece o seu próprio ritmo, você saberá aproveitar o período melhor para aumentar a sua produtividade.

Enumere as Suas Tarefas

O mais indicado é priorizar quais são as tarefas mais importantes e urgentes, já que se pensar muito vai acabar procrastinando em alguma delas.

Defina os seus Prazos de Atividades

Depois de fazer sua lista, coloque prazo nelas. Em inglês, é o que chamam de deadline – ou seja, prazo final.

“Um objetivo é um sonho com um prazo máximo”, Napoleon Hill.

Crie um Ambiente Adequado

É comum que conforme sua personalidade, você goste de algum tipo de som – seja pesado, leve, ambiente. Existem até mesmo luzes que podem te ajudar a ser mais criativo – normalmente, as amarelas.

Independente de qual seja sua atividade, crie um ambiente de acordo com sua personalidade.

Faça Agora

Pensar é importante, mas pensar muito pode te fazer procrastinar. Portanto, um erro comum é ficar planejando muito sem por as ideias em prática. As listas são importantes, mas suas atitudes é que vai fazer tudo valer a pena.

Não Exija Tanto de Você

Leve em conta que começar é a melhor saída. Portanto, por mais perfeccionista que você seja, nem sempre vai conseguir obter os melhores resultados de forma imediata. O importante, no entanto, é tentar.

Leve em Conta as Recompensas

Para um estudante do ensino médio, ver a nota 10 no boletim pode ser uma das melhores recompensas. Porém, se você não é esse estudante, pode encontrar outras formas de se recompensar.

Uma viagem, um chocolate ou qualquer produto e presente que lhe dê a sensação de prazer.

Divida a Matéria em Partes Menores

Dan Ariely e Klaus Wertenbroch são pesquisadores que mostraram que um dos principais motivos que levam à procrastinação é o fato de achar uma tarefa difícil demais ou cansativa. Logo, a dica é dividir a matéria em várias partes menores.

Compartilhe as Experiências com Amigos

Compartilhar conhecimento é uma forma de tornar tudo mais legal e leve. Por isso, divide com seus amigos a sua experiência. Para tanto, nem é necessário que os objetivos sejam os mesmos, mas que que sejam envolventes.

Inspire-se em Quem Chegou onde Você quer Chegar

A inspiração também é uma forma de evitar a procrastinação – afinal, todo mundo que chegou ao topo, teve que suar e ter determinação. Leia depoimentos e veja vídeos das pessoas que tiveram sucesso.

Tenha Motivos

Você nunca deve se esquecer dos motivos que te levaram a estudar. Se você tem objetivo ou motivos suficiente, vai ver que procrastinar não é uma saída. Leve em conta lutar pelos seus motivos.

Reprodução: Google

Como não enrolar na hora de estudar – 9 Passos

Renato Alves é escritor, pesquisador e o 1º brasileiro a receber o título oficial de melhor memória do Brasil, pelo Guiness Book, o livro dos recordes. Veja o que ele disse…

Chegou o momento de quebrar o ciclo da procrastinação. Esteja preparado para se livrar desse comportamento destrutivo com as 9 dicas que listamos a seguir:

1 – Diminua o prazo de realização de cada tarefa

A grande quantidade de tarefas faz com que você queira estabelecer prazos mais longos. Prazos longos tendem a enganar nosso cérebro, que entenderá que há muito tempo disponível para despertar o desejo de se iniciar uma tarefa.

Em vez de estudar uma mesma disciplina por horas a fio, faça uma redistribuição das matérias de forma que seja possível estudá-las em períodos mais curtos, intercalando-as.

2 – Estabeleça prazos mais rigorosos

Não basta definir quais são as disciplinas que você tem que estudar. Estabeleça prazos mais rigorosos para cada uma delas, determinando a quantidade de tempo que será dedicado aos estudos. Fixe um horário para começar e terminar o estudo de cada disciplina.

3 – Monte um calendário com todos os seus prazos

É dessa forma que você verá, de maneira mais lúcida, como todas as suas tarefas estão interligadas em prol dos seus objetivos. Mantenha os prazos organizados em uma agenda ou calendário, deixando esta organização em um local visível – isso vai te mostrar que o atraso de uma tarefa impacta automaticamente em tudo o que está por vir.

4 – Desafie-se mais

Se estudar para um concurso parece ser entediante e você não se sente desafiado, crie os seus próprios desafios. Estabeleça objetivos de curto prazo e batalhe para alcançá-los. É por meio do entusiasmo de se vencer um desafio que você se sentirá mais motivado para seguir adiante.

5 – Mude de ambiente

O ambiente impacta muito na qualidade dos seus estudos. Quando ele tem muitas distrações, como aparelhos eletrônicos e pessoas que te chamam com frequência, você tende a procrastinar. Mude o seu ambiente de estudos e busque por alternativas que permitam a sua total concentração.

6 – Conquiste parceiros

Parceiros são importantes para que estejamos sempre motivados a seguir em busca da conquista de nossos objetivos. Muitas vezes, esses parceiros compartilham conosco dos mesmos objetivos, permitindo que a troca de informações seja mais um fator a favor de vencer a batalha contra os estudos.

7 – Compartilhe seus objetivos

Amigos, familiares e demais pessoas que gostam verdadeiramente da gente precisam saber quais são os nossos objetivos com os estudos. Essas pessoas são fundamentais na hora de te dar apoio e não deixar que você desista.

8 – Presenteie-se com recompensas

Quando estabelecer suas metas e desafios, permita-se um agrado. Pensem em recompensas para que a rotina possa ter mais de um sentido.

9 – Olhe sempre para frente

Diante de obstáculos ou da falta de interesse por continuar estudando para passar em um concurso, pare um pouco e avalie todos os pontos positivos que a realização desse projeto terá em sua vida. Vale a pena largar tudo e recomeçar?

Com essas dicas lidar com a procrastinação será muito mais fácil. Ao refletir sobre os pontos que expusemos, você verá que realmente vale a pena prestar mais atenção e tentar combater este hábito presente em muitos de nós.

Muita matéria e pouco tempo para estudar? Esse é um desafio que somente os alunos que elaboram e seguem um bom Plano de Estudo conseguem resolver. Clique aqui e continue a leitura em nosso próximo post, onde você descobrirá o maior erro cometido pelos estudantes.

Com informações do psicologiamsn

9 Passos para Acabar com a Procrastinação na Hora do Estudo
5 (100%) 1 vote

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

DEIXE UMA RESPOSTA

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.