Descubra 4 funcionalidades do Google Keep para aumentar a produtividade no estudo

O Google Keep é um dos produtos do Google que são mais recomendados para quem está estudando. Ele não faz contas e não funciona como tradutor. Mas, é ótimo para a organização do seu estudo. Por isso, vamos listar aqui as principais funcionalidades do Google Keep.

E se você tem alguma dúvida sobre a eficiência desse aplicativo gratuito, que também tem uma extensão para a web, saiba que o Google não foi o criador inicial de um programa como esse. Ao contrário, ele se baseou em concorrentes, como Evernote e Onenote.

Logo, se essa marca mundial criou um programa baseado em outros é porque eles funcionam muito bem. Só que aí o Google vem com toda a sua expertise e inovação para criar uma ferramenta própria que é incrível e hoje faz parte do cotidiano de muita gente.

Tem gente que usa o Keep para fins estratégicos ou para questões pessoais. O fato é que você pode se organizar para usar em toda área da sua vida. Agora, com relação ao estudo, o Keep se torna algo muito valioso porque ajuda na organização e no cronograma. Saiba mais.

As funcionalidades do Google Keep

A gente vai direto ao ponto para falar dos serviços diferenciados que o Keep tem. Isso porque você já deve ter entendido como ele funciona, não é mesmo? Basicamente, é uma espécie de bloco de anotações digital, que te permite criar lembretes, só que com alguns diferenciais.

E é sobre esses diferenciais que se trata o conteúdo que você está lendo. Vamos lá.

1 – Integração com outros aplicativos

A primeira das vantagens do Google Keep é que ele faz uma integração com os outros programas da marca. E olha que são vários os programas que podem ser integrados, viram. Tem o Gmail, o Drive e por aí vai.

O fato é que você pode usar o Keep como ferramenta do seu dia a dia. Aí, dá para enviar ele como um e-mail depois se isso for importante. E dá para publicar nas redes sociais também. Ou ainda criar um evento e colocar na sua Agenda Google.

Inclusive, você pode arrastar o que escreveu para o Google Docs. E a sua pequena anotação pode se transformar em um texto maior e mais importante, como um artigo a ser publicado ou ideias para a criação de uma gincana, por exemplo.

E fazer tudo isso é bem fácil. Você tem um ícone de “três pontos” no Keep que permite funções como “copiar para o Documentos do Google” ou coisas do tipo.

2 – Personalização das notas

Outra das funcionalidades do Google Keep tem a ver com a personalização que é possível de ser feita. Assim sendo, conforme você for criando as notas você poderá customizar com base no seu gosto ou na importância que você dá para o tema.

Você pode personalizar, atualmente, por dois jeitos diferentes: por cores ou etiquetas. Cada pessoa escolhe uma forma, que julga mais interessante. No caso de estudantes, a maioria usa as cores, já que elas podem indicar o senso de urgência.

Por exemplo, a cor vermelha vai significar que você precisa fazer algo que é bem urgente, como “entregar o trabalho de relações jurídicas”. O amarelo pode ser algo que não seja tão imediato, como “revisar o conteúdo da prova do final de ano”. E o verde é para lembretes menos urgentes ainda.

Mas, essa é só uma ideia do que você pode fazer com as suas notas no Keep, viu. A criatividade pode ser um grande motivador para você manter a organização através do programa.

3 – Criação de lembretes em datas agendadas

Essa talvez seja a função mais conhecida do Google Keep. Mas, vale considerar que temos alguns diferenciais também que podem ser usados a seu favor na hora do estudo.

Uma coisa importante é considerar que para criar um lembrete, você só tem que tocar sobre o ícone no desenho da “fita amarrada”. Depois, você estará em uma janela com várias opções. Dá para escolher notificações para determinados momentos do dia, como em datas e horas.

E você pode repetir o lembrete se quiser. Lembrando que esse lembrete vai sincronizar, automaticamente, com os serviços do Google, como a Agenda e aqueles que já citamos no tópico 1. Agora, vamos falar um pouco dos diferenciais.

Lembretes em Áudio: você pode gravar seus lembretes em áudio e ele vai se transformar em uma nota com texto e um arquivo de áudio. Imagens em Texto: você pode tirar uma foto de algo escrito, que ela vai virar uma nota também. Desenhos: dá para criar notas com desenhos à mão, na opção da caneta.

Leia também – Conheça 10 aplicativos gratuitos para organizar o estudo

4 – Extensão para o Google Chrome

E como a gente tem falado muito da integração com o Google, não poderíamos deixar de falar da extensão para a página da internet. A última das funcionalidades do Google Keep que temos aqui neste conteúdo é sobre essa extensão.

Isso quer dizer que você pode criar notas enquanto navega em sites. E para o estudante isso é muito importante. Ao ler um texto, um livro online, um artigo, uma notícia você pode criar uma nota para jogar no seu Keep.

E para isso acontecer você só tem que baixar a extensão do Keep no Chrome. Ela fica disponível de graça no Chrome Web Store, que é a loja do Google. Incrível, não é mesmo?

Aliás, saiba que mesmo que você tenha muitas notas criadas no Keep, você pode fazer a busca por palavra-chave. Isso a qualquer momento e, inclusive, quando você estiver off-line. Há quem use o Keep como lista de supermercado, por exemplo. E isso ajuda muito.