Saiba por que estudar para conseguir um emprego

No mercado de trabalho atual, existe uma questão muito forte que fala sobre o fato de estudar para conseguir um emprego. Será que isso é um mito ou uma verdade. E, afinal de contas, qual é a importância do estudo para quem contrata?

Para se ter essa resposta e saber se realmente é preciso estudar para encontrar as melhores vagas de emprego do mercado, a gente tem que se posicionar no lugar dos empreendedores, das empresas, de quem contrata. E é isso mesmo que vamos fazer agora.

A nossa ideia é ver os motivos que existem ou não para considerar o estudo como peça importante na contratação de um profissional. E como vamos fazer isso? Através de perguntas que o pessoal de Recursos Humanos de uma empresa se faz em tempos de contratações.

É melhor contratar alguém com estudo ou sem estudo?

A primeira coisa a se pensar é no fato de que quem tem um estudo vai ter preferência se comparado a alguém que não tem um estudo. E isso não tem a ver, absolutamente, com o fato de o estudo ser importante pela temática, mas pela atividade em si.

Alguém que estuda é alguém que está ou esteve em contato com professores, outros alunos, centros universitários, textos, teorias, vídeos, etc. Diferente de quem não estuda, que nem sempre dá para saber onde essa pessoa esteve, né.

Dessa forma, vamos apenas considerar que quem estuda tem a preferência. Mas, obviamente, isso não é tudo e por isso vamos para os próximos pontos.

O interessado na vaga tem conhecimento sobre a área?

A outra pergunta que a empresa faz para si mesmo é sobre o fato de o interessado na oportunidade de trabalho ter ou não ter conhecimento sobre a área em que vai atuar. E olha que não estamos falando de experiência, mas de conhecer o tema mesmo.

Então, quem estuda, com certeza, tem o conhecimento. Mesmo que ainda não tenha atuado na prática, ele tem a teoria, coisa que quem não estou, obviamente, não tem.

E isso vai considerar a área de formação. Por exemplo, uma pessoa formada em administração de empresas tem conhecimento sobre várias áreas da empresa, como a de recursos humanos, de finanças, de contabilidade e até mesmo para atuar em cargos de liderança.

Isso nos leva a mais uma vantagem do estudo: que é justamente a de ter mais conhecimento sobre alguma determinada área ou cargo ou função dentro da empresa.

É melhor contratar alguém que estudou na faculdade ou não?

Agora temos aqui uma questão que é das mais “confusas” e “polêmicas” sobre estudar para conseguir um emprego. Se por um lado o estudo é positivo e agregar valor ao currículo e a chance de contratação de alguém, por outro lado, nada se diz sobre o tipo de estudo.

Isso porque antigamente a universidade, ou o curso superior, tinha um peso muito grande. E até hoje em dia algumas empresas preferem esses profissionais, que são formados em universidades ou centros universitários. No entanto, é um cenário que está mudando.

Até mesmo porque o que a empresa busca é resultado. Por isso, se você tiver conhecimento e ajudar a empresa crescer, não vai importar muito se você se formou em Harvard ou em um curso técnico do Governo. Novamente, entenda: a empresa quer resultados.

Se por um lado o estudo é importante, por outro, não há regras sobre ele.

Ter muitos cursos no currículo vai tornar o profissional melhor?

Por último, para que você que estudou muito e buscou conhecimento, mas ainda se sente inseguro vamos considerar outro ponto polêmico. O seu currículo nem sempre vai dizer tudo sobre você, apesar de ser ponto de partida para a seleção de funcionários.

Assim sendo, é muito importante que você saiba realmente fazer aquele serviço ou agregue valor para a empresa para a qual vai trabalhar. Portanto, mais do que ter estudo ou um monte de cursos, é interessantíssimo saber se comportar e atuar no mercado de trabalho.

O que podemos concluir com isso é que sim, estudar para conseguir um emprego pode ser uma verdade. No entanto, não fique preso a detalhes como ter no currículo um curso super caro ou um diploma internacional.

Você só precisa provar que sabe aplicar a teoria na prática. E isso é o que pode te garantir um bom emprego no atual mercado.

Vale a pena estudar de graça?

Ainda que esse não seja um tópico focado em te falar sobre os motivos para estudar ou não, saiba que ele pode te auxiliar nessa busca por uma vaga de emprego. Isso porque você pode estudar e se especializar para vários cargos sem ter que pagar nada por isso.

Na internet mesmo a gente tem uma série de cursos online e cursos gratuitos. E há instituições que formam pessoas sem cobrar nada por isso. Além de poder entrar em uma universidade pública, você pode encontrar bolsas de estudos em escolas como o Senai ou Senac.

O fato é que você não tem que ficar reclamando que não tem estudo ou que não consegue emprego. Se quer um ou outro, o fato é que tem que correr atrás e isso nem sempre precisa significa investir muito dinheiro.

Descubra 5 cursos de idiomas de graça para fazer na internet

Por exemplo, se você não sabe por onde começar ou onde vai trabalhar, pense em cursos mais genéricos, de curta duração e que te permitem conhecer mais do assunto. A partir disso, você pode tomar decisões mais realistas e concretas sobre o seu futuro.