Cursinhos Preparatórios Valem a Pena? 7 Vantagens

1
470

Seja na hora de prestar o famoso vestibular no final do ano ou fazer aquele concurso público tão concorrido e sonhado, tem uma pergunta que é muito latente na vida dos estudantes no Brasil: “Os Cursinhos Preparatórios valem a pena”?

A resposta, por incrível que pareça, existe e se você quer saber qual é ela, leia este artigo até o final.

O primeiro ponto a se considerar é que esses cursinhos não são inúteis, de nenhuma forma. O que precisamos levar em conta é que, muitas vezes, nosso tempo é precioso demais e ter aulas e cronogramas todos os dias a serem seguidos pode significar uma não otimização do tempo.

Ao mesmo tempo, o cursinho – seja ele online ou presencial – tem uma dinâmica muito maior do que estudar sozinho, o que pode ser benéfico dependendo do estilo de estudante que você é. Na hora do estudo, o mais importante é conseguir absorver conhecimento e se o cursinho fizer isso, está tudo ótimo.

Participar de um curso especifico para essas provas não é simplesmente ir e assistir as aulas. Existem muitos outros fatores que influenciam diretamente no resultado final desse processo, tais como a qualidade do curso, o roteiro de aula, o conteúdo do curso e até mesmo fatores externos, como o transporte, o custo, entre outros.

Para tentar responder à essa questão, separamos os dois tipos de cursos – online e presencial. Vamos listar os pontos positivos e negativos de cada um, levando em conta as praticidades, facilidades e as vantagens. Confira!

Cursos Preparatórios Presenciais

Normalmente, é feito em sala de aula e com muitas pessoas, sendo na maior parte alunos e alguns professores e explanadores. Eles são conhecidos como fontes de aprendizado para concursos públicos.

Existem muitas e muitas escolas especializadas em cursos preparatórios para concursos públicos e outro para Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Obviamente, você vai encontrar algum desses na sua cidade, se procurar.

Um curso para concurso funciona exatamente como um curso qualquer. O aluno se inscreve, recebe o material especializado e comparece às aulas. Sendo que eles podem ser pagos ou gratuitos, dependendo do formato e da parceria com o governo.

Vantagem Número 1 – Contato com o Professor

No Curso Presencial há uma vantagem que é exclusiva e parece ser a maior de todas – o contato direto com o professor. Como o aluno se propõe a assistir aulas, ao vivo, o professor fica à frente, no comando da disciplina, o que torna muito flexível ao aluno tirar dúvidas ou compartilhar o conhecimento.

Se você tiver frequentando as aulas presenciais e não usar isso para tirar as suas principais dúvidas, saiba que está perdendo o melhor desse tipo de curso para concurso ou Enem.

Vantagem Número 2 – Contato com outros Concursandos

No caso do presencial, os estudantes não tratam os amigos de classe como concorrentes e sim podem fazer deles bons amigos, levando em conta que há uma série de vagas abertas para novos ingressantes no país.

Os colegas do cursinho podem te ajudar de forma excêntrica, já que estão lá pelo mesmo objetivo que você. Tirar dúvidas, divertir conhecimento, compartilhar questões, fazer lembretes, criar fórmulas… Tudo isso pode ser adicionado e criado com os outros concursandos.

Reprodução: Google

Para Quem É Indicado o Concursos Presencial?

Para alunos iniciantes, que estão começando o processo estudantil. Independente dos motivos, em todo momento tem alunos novos entrando em cursos preparatórios no país todo.

O que faz disso um ciclo, entre os alunos novos e os mais experientes.

Vantagem Número 3 – Contato com Disciplinas Desconhecidas

Um dos motivos que provam isso é quando começamos a estudar para concurso público, por exemplo, e muitas matérias ainda são consideradas desconhecidas.

Direito Constitucional é uma expressão comum para estudantes de direito, mas não para outros. Dessa forma, o curso presencial é uma ótima forma de começar a estudar.

Vantagem Número 4 – Ritmo de Estudos

Outro ponto a se observar é que no curso presencial o ritmo de estudos tem que ser manter, de uma forma ou de outra e isso é mais difícil quando se estuda sozinho.

Criar hábitos para leituras, para a prática de exercícios e outros é importante para ter sucesso no futuro.

As Desvantagens dos Cursos Presenciais

Fazer esses cursos, apesar de todos os benefícios já citados, também pode ter pontos considerados negativos.

Como o Tempo Ocioso, por exemplo, já que o estudante gasto muito tempo com “fatores” que não tem a ver necessariamente com o estudo – trânsito, intervalos longos para lanches, comentários do professor que você já sabe.

Saiba que um curso presencial vai tomar muito do seu tempo.

Outro pronto que… Ah, vamos assim dizer é negativo é que os cursos seguem seus próprios programas e se dedicam um tanto de tempo para tais disciplinas, não levando em conta as maiores dificuldades ou facilidades dos alunos.

Normalmente, ele não vai ter um foco grande naquilo que você precisaria ou demorar mais em algumas matérias que você ainda não entendeu.

Por fim, uma desvantagem substancial dos cursos preparatórios presenciais é o preço.

Normalmente, eles são caros. Uma escola precisa pagar o professor, o aluguel da estrutura, a energia elétrica, água e outras contas fundamentais. A fonte de renda, por outro lado, vem das mensalidades dos alunos.

É claro que você terá um professor para tirar todas as suas dúvidas, mas, obviamente, você pagará por isso.

Cursos Preparatórios Online

É uma moda muito atual e são feitos a partir de videoaulas gravadas ou instantâneas. Tem um sido a forma mais usada para estudantes de concursos públicos – são páginas e páginas disponíveis na internet, com apostilas, vídeos, imagens, cronogramas e um mundo aberto a seu dispor.

Nesse caso, como falamos do custo acima, aqui acontece o contrário – você precisará de um computador considerado bom e com acesso a internet, os gastos extras são baixos (materiais em PDF, AudioBooks e Lista de Questões).

Vantagem Número 5 – Tempo Aproveitado

Se comparado com o cursinho presencial, esse à distância é mais otimizado já que o aluno não perde tempo com o trânsito, nem com a “enrolação” do professor ou com a interrupções de outros alunos.

Tudo vai se resumir à apertar o Play ou o Pause, na teoria.

Vantagem Número 6 – Matérias Específicas

Mesmo quem já tem experiência em concursos públicos, por exemplo, gosta de fazer seus próprios programas, que são baseados em disciplinas mais fáceis ou mais difíceis.

Um exemplo: quando cai uma matéria “exótica” no edital, você pode se dedicar a estudar isso em algum dia da semana, o que não ocorreria no curso presencial, que já tem um cronograma pré-produzido.

Vantagem Número 7 – Horário Flexível

Você não precisa obedecer aos horários da escola e pode fazer seu próprio horário, conforme sua demanda e suas prioridades.

Se você está cansado demais para estudar, vale a pena tirar algumas horas para descansar e voltar a estudar mais tarde, o que aumenta o potencial de estudo.

As Desvantagens do Curso Preparatório Online

Claro que esse tipo de curso também tem desvantagens, como o fato de não ter um professor a seu dispor e o fato de não ter um cronograma para seguir, sendo que o aluno precisará criar o próprio.

Além disso, muitas vezes o estudante não terá referências de estudos extra aula e isso será preciso ser buscado na própria internet, onde é totalmente necessário fazer uma garimpagem de materiais que serão aproveitados ou não.

Qual o Curso Preparatório Mais Indicado para Você?

Em geral, todos são ótima forma de aprender, levando em conta que o curso seja bom. Se o aluno for atencioso, disciplinado e focado qualquer curso será aproveitado da melhor forma e vai gerar, sem dúvidas, ótimos resultados.

O grande segredo é encontrar aquele que melhor se adequá ao seu cotidiano e seu aprendizado.

Assim sendo, os especialistas recomenda que os iniciantes comecem pelos cursos presenciais e os mais experientes podem ir direto para o online, que tem uma maior flexibilização, apesar de exigir muito mais concentração.

Como Encontrar Cursos Preparatórios Bons?

Os dois tipos de cursos tem seus pontos positivos e, como falamos, se forem bem escolhidos podem ser o ponto de partida para o sucesso profissional de muitos alunos. Mas, o que considerar na hora de escolher um bom curso?

Analise o Material Incluído

Qualidade, quantidade e utilidade. São essas as formas de analisar o material que será usado no curso. Quase todos oferecem  apostilas com material complementar e aulas e quanto melhores elas forem, mais chances de ir nas provas finais você terá.

As apostilas costumam ter questões de concursos anteriores para resolver e isso é um ponto positivo, já que é uma das melhores formas de estudar alguma matéria.

Já materiais como audiobooks ou podcasts também podem estar inclusos e vai depender da facilidade do aluno de escutar quanto estiver em um tempo ocioso – como no trânsito, por exemplo.

A bibliografia recomendada também pode ser uma boa indicação dos cursos, para complementar os estudos.

Pesquise o Histórico dos Professores

Sempre que tiver com a lista de professores em mãos, busque informações sobre eles. Verifique currículo, formação, pesquisas feitas, palestras dadas, comentários, entre outros. Atualmente, a internet facilita todo esse processo.

Verifique a Didática do Professor

Tente descobrir se a forma que o professor ensina é agradável para você aprender mais. Para um curso presencial, isso é extremamente importante e pode ser a diferença entre o seu sucesso e o fracasso.

Uma das formas de conseguir fazer isso pode ser assistindo uma aula bônus, antes de fechar a matrícula, por exemplo.

Cursinhos Preparatórios na Opinião de Especialista

William Douglas é reconhecido na área de concursos públicos. Ele é Juiz Federal, Professor Universitário, Palestrante e Autor de Livros. Ele publicou um artigo na internet falando sobre os cursos preparatórios e, para ele, sobre valer ou não a pena, a resposta é: “depende”.

Primeiramente, ele diz que sim porque os cursos, de maneira geral, oferecem bons professores, pesquisas de temas e questões relativas às provas, além de cronogramas, dicas e macetes, material de estudo específico, aconselhamentos e muitas outras coisas que vão auxiliar o preparo.

De outro lado, ele diz que a resposta pode ser não se a margem de aproveitamento das aulas não for grande o suficiente. “Posso afirmar que muitos que estão ali não tem um objetivo claro ou simplesmente não acreditam em algo que possam alcançar”.

Depois, ele diz que é preciso analisar a importância e utilidade dos cursos, que é influenciada por vários fatores, como o nível de preparação do candidato. “Seja qual for o nível de preparação, procure aproveitar ao máximo o cursos, os professores, as matérias e cuidar da sua situação em particular”.

Para finalizar o pensamento, ele diz que “em suma, o curso preparatório é importante e útil aliado, quase sempre válido e um aconselhável caminho para melhorar sua preparação. Contudo, quem não tem condições de custear o curso, não estará impedido do sucesso”.

Reprodução: Google

Quanto Custa um Curso Preparatório?

Ao terminar este artigo, muitas pessoas ficam com dúvidas sobre qual o valor de um curso preparatório. Para ter uma ideia, considerados alguns que tiveram seus valores divulgados no meio deste ano. Confira!

Cursinho Popular dos Estudantes da USP em São Paulo

  • Período: Intensivo de Março a Dezembro
  • Valores: de 1 mil reais e 1,7 mil reais divididos em até 10 vezes
  • Telefone: (11) 3258-1436 ou (11) 3231-0692

Cursinho do XI em São Paulo

  • Período: Começo foi em Fevereiro
  • Valores: de 130 a 190 por mês
  • Telefone: (11) 3107-6293 ou (11) 3101-4583

Cursinho Popular Mafalda em São Paulo

  • Período: De março a dezembro
  • Valores: Gratuito
  • Site: cursomafalda.com.br

Pré-Vestibular Social do CECIERJ no Rio de Janeiro

  • Período: De março a dezembro
  • Valores: Gratuito
  • Telefone: 0800 2820636

Saber para Mudar no Rio de Janeiro

  • Período: De Março a Dezembro
  • Valores: Gratuito
  • Telefone: (21) 3705-2227, ramal 255

Projeto Universidade para Todos no Espírito Santo

  • Período: De Março a Dezembro
  • Valores: Gratuito (paga o valor do material, apenas)
  • Telefone: (27) 3335-7921

Pré-UFMG em Minas Gerais

  • Período: De Fevereiro a Novembro
  • Valores: A partir de 167 reais mensais
  • Telefone: (31) 3212-6807

Em Ação no Paraná

  • Período: Fevereiro
  • Valores: Gratuito + 40 Reais de Inscrição
  • Telefone: (41) 3023-4702

7 Passos para Passar no Concurso Público com o Ensino a Distância

Os passos abaixo são apenas “introduções” para um Plano de Estudo mais bem elaborado. A ideia é que o estudante entenda a importância de se traçar metas e ter objetivos reais, além, claro das imprescindíveis características de persistência e disciplina.

Antes dos passos, observe que um Plano de Estudo é fundamental para manter os estudos simétricos e constantes. O mais importante, porém, é que ele seja adequado à sua rotina de estudos, conforme disponibilidade de revisões, exercícios e leituras.

Como em todos os cursos – inclusive nos que não são a distância – o aprendizado vai depender da participação ativa e efetiva do aluno, que deve dispor de métodos e de cronogramas, onde as chances de desempenhos positivos tornam-se muito maiores.

O Plano de Estudos é o resultado do planejamento de aprendizagem, ou seja, o aluno vai precisar definir objetivos – que pode ser passar no concurso público, por exemplo. Além disso, terá que ter propósitos, recursos e materiais.

Reprodução: Google

1 – MELHOR HORÁRIO PARA O ESTUDO

O aluno tem que definir qual é o seu melhor horário para o estudo. Se trabalha em período integral, provavelmente o melhor horário será o noturno, porém, nem sempre ele renderá tudo que pode nesse período.

Vale a pena pensar na divisão de horários, sendo que torna possível acordar mais cedo pela manhã e fazer algumas revisões ou leituras, por exemplo.

Depois de decidido o horário mais adequado, defina também quantas horas por dia será possível estudar e seja disciplinado para isso – dedique-se somente aos estudos nesse horário, evitando distrações, como com celulares e televisões.

2 – TENHA UMA AGENDA DE ESTUDOS

O aluno que estuda a distância também tem que ter uma grade de disciplinas do curso, que costuma ser semestral ou, em alguns casos, bimestral. Em cima dela, monte um cronograma de estudos – que pode ser na planilha do excel, por exemplo ou em sites das instituições, já que algumas dão essa vantagem.

O cronograma vai ser útil para visualizar as matérias a serem estudados, além de ditar as tarefas que devem ser feitas, com prazos de entrega de trabalhos. Quanto maior e mais detalhado for o cronograma, mais organizado e otimizado ficará o estudo.

3 – DEFINA AS PRIORIDADES DO ESTUDO

Com o cronograma bem feito e detalhado, veja quais são as prioridades. Elas podem ser baseadas pela data de entrega, pela dificuldade da disciplina ou por algum outro motivo que o estudante julgar importante.

Obviamente que quanto mais se dedicar aos prazos “apertados” menos pressionado o aluno ficará, por isso essa costuma ser a recomendação geral dos especialistas. O ideal, além de tudo, é terminar cada tarefa com boa antecedência, já que sobrará tempo para uma releitura e aprimoramento do trabalho antes da entrega.

Como estamos falando em Concurso Público, note que não há “entregas de trabalho”, portanto, o estudante precisará se disciplina para “terminar uma matéria” em um prazo determinado. Não adianta ficar o tempo todo estudando apenas a gramática do português se há outras tantas matérias para serem vistas.

4 – DIVERSIFIQUE AS MATÉRIAS ESTUDADOS NO DIA

Outra dica importante é sobre não ficar estudando a mesma matéria o dia todo. Reveze e torne o estudo mais leve e mais produtivo. Conforme opinião de educadores, o ideal é dividir o estudo da seguinte forma: estudo de 50 minutos e pausa de 10 minutos para descanso.

Daí, quanto às matérias, o ideal é não estudar uma mesma mais do que duas horas.

Claro que isso não leva em conta as diferenças entre os estudantes. Pode ser que tenha algum que prefira estudar a matéria integral de uma só vez, mas isso não é o mais comum.

Com o cronograma diversificado e com tempo para estudar cada assunto, a dedicação do aluno será mantida por um longo período.

5 – EVITE USAR METAS GENÉRICAS

Dizer “essa semana vou estudar matemática” é genérico demais. O que você vai estudar na segunda-feira? Qual área da matemática? Em quanto tempo? Quais exercícios vai fazer? Vai ver algum vídeo-aula? Apostila? Tenha tudo definido porque por mais que pareça perca de tempo, na verdade é ganho de tempo.

Com as metas específicas, você já terá o material apropriado e vai direto ao ponto, sem ficar desanimando ou procrastinando quanto ao estudo.

6 – EVITE TODO TIPO DE DISTRAÇÃO NA HORA DO ESTUDO

Essa é uma das principais dicas porque, vamos combinar, o brasileiro não está acostumado a estudar sozinho, infelizmente. O estudo EAD é solitário o bastante para deixar o estudante desmotivado, mas tudo vai depender do foco que ele tem. Se a vontade de passar no concurso público for maior, então, ele vencerá.

Evite deixar o celular, o computador, a televisão ligados na hora do estudo. Tente encontrar um lugar aconchegante, silencioso e que não tenha distração. Ainda que possa parecer menos produtivo, muitos preferem estudar a noite justamente por causa do silêncio.

O importante é reconhecer o seu perfil de estudo – com locais, horários e metas especificas.

O Facebook é uma ótima rede social, que pode trazer benefícios na busca por informações. No entanto, é também uma dos principais vilões dos estudantes porque consome um tempo inimaginável e considerando que o EAD é um método que otimiza tempo, tudo será jogado por água abaixo se você não se controlar.

7 – SEJA PROATIVO NA INTERNET

Isso quer dizer que você terá que explorar o máximo todas as ferramentas disponíveis no meio de comunicação. Como dissemos, o Facebook pode ser uma delas se usado com sabedoria.

Outro ponto é sobre conhecer plataformas de estudos que facilitam a compreensão de matérias. Existe um mundo real que tem muitos ensinamentos didáticos e de qualidade, para tanto é preciso pesquisar e ter paciência.

Você pode encontrar, por exemplo, provas passadas, que podem ser refeitas, estudadas, avaliadas. Pode encontrar, testes rápidos de raciocínio lógico, lógica, memória, entre outros. Pode encontrar aulas expositivas e uma infinidade de outras opções.

Ser proativo na internet é isso: saber o que quer, quando quer e focar no objetivo.

Com informações do aprovadoapp

Cursinhos Preparatórios Valem a Pena? 7 Vantagens
5 (100%) 1 vote

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.