Como Passar no Concurso da Policia Civil do Estado de São Paulo, confirmado em 2017!

0
39

A Policia Civil do Estado de São Paulo (PCESP) é o órgão do sistema de segurança pública ao qual compete as atividades de polícia judiciária e de apuração das infrações penais, exceto às de natureza militar. Assim, também vale para os concursos, que, mesmo abaixo da Polícia Militar, tem grande procura dos profissionais. O Concurso da Policia Civil do Estado de São Paulo era aguardado para 2016, mas o fato não ocorreu. Agora, em 2017, a Certame já está confirmado.

A Folha Dirigida foi a primeira a divulgar, no final de 2016, a confirmação: “Para os interessados no Concurso da Policia Civil de São Paulo, a Assembleia Legislativa do Estado (Alesp) aprovou o orçamento para 2017. O texto prevê um montante de 115,5 milhões de reais. O valor é 4 vezes maior do que o de 2015 e engloba uma série de concursos”.

Os 5 Concursos Federais mais Aguardados para 2017

“Nosso planejamento é permitir a realização de novos concursos para que possamos diminuir a defasagem. Claro que dependerá de nossa realidade orçamentária, mas está dentro do nosso planejamento para 2017”, afirmou o secretário de Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho.

Com isso, das mais de 2 mil vagas, aproximadamente 250 serão para cargos que exigem o Ensino Médio e mais de 1,8 mil para profissionais do Ensino Superior, dos quais vão ter salários iniciais que variam entre 3,3 mil e 10 mil reais, com jornadas de trabalho de 40 horas semanais.

Veja as vagas para os profissionais do Ensino Médio:

  • Fotógrafo Técnico Pericial (86),
  • Desenhista Técnico Pericial (40),
  • Atendente de Necrotério Policial (59),
  • Auxiliar de Necropsia (68).

Confira as oportunidades para os profissionais do Ensino Superior:

  • Investidor de Polícia (1.012),
  • Escrivão de Polícia (296),
  • Perito Criminal (329),
  • Médico Legista (104),
  • Delegado de Polícia (80).

Atribuições dos Cargos

Perito Criminal: Realizar exames periciais em locais de infração penal, com instrumentos utilizados e proceder a pesquisas de interesse, coletando dados e informações necessárias para a complementação dos exames periciais. Também participa da execução das medidas se segurança orgânica e desempenha outras atividades de apoio técnico e administrativo.

Agente de Polícia: Executa investigações e operações policiais na prevenção e na repressão a ilícitos penais, dirige veículos, cumpri medidas de segurança orgânica e desempenha atividades de natureza policial e administrativa.

Reprodução: Google

Delegado: Tem a missão de instaurar e presidir procedimentos policiais de investigação, orientar e comanda a execução de investigações relacionadas com a prevenção e repressão de ilícitos penais. Participa do planejamento de operações e investigações, executa missões de caráter sigiloso e medidas de segurança orgânica, bem como desempenha  outras atividades semelhantes.

Escrivão: Cumpre as formalidades processuais, lavra termos, autos e mandados, observando prazos da investigação. Acompanha a autoridade policial, dirige veículos e cumpre medidas de segurança orgânica, além de atuar em procedimentos de investigação e outra atividades, bem como tarefas que lhe forem atribuídas.

O que estudar para Passar no Concurso da Policia Civil do Estado de São Paulo

É claro que você vai precisar ler o edital, minuciosamente. Mas, vamos detalhar 2 cargos dos mais procurados: Investigador de Polícia e Escrivão.

No caso do Investigador, serão 100 questões dividas da seguinte forma: 30 para Noções de Criminologia, 30 para Noções de Direito, 20 para Língua Portuguesa, 10 para Lógica e 10 para Informática. Já para Escrivão: 30 de Língua Portuguesa, 30 de Noções de Direito, 10 para Noções de Criminologia, 10 para Noções de Lógica e 20 para Noções de Informática.

Melhores Dicas para Passar no Concurso da Policia Civil do Estado de São Paulo

Como já dito, estudar o edital é fundamental, é a lei das leis. Depois, ter um plano de estudo e muito foco. Nesse caso, em particular, é preciso muita atenção para não estudar apenas as matérias que você gosta, e sim, todas as que estão no edital.

Por exemplo, quanto ao Direito Penal, sabe-se que a Vunesp, banca organizadora, gosta de elaborar questões de crimes contra a administração pública, tais como Peculato, Concussão, Excesso de Exação, Prevaricação, Corrupção Passiva e outros. E, recentes alterações na lei também costumam ser exigidas, por isso, mantenha-se atualizado.

Leia Também: Como Ser Aprovado no Concurso da Polícia Federal?

O salário de agente da Polícia Federal pode ultrapassar 9 mil reais. Esse é o principal atrativo aos candidatos, o que faz com que a concorrência seja grande. Os últimos dados referem-se ao ano de 2012, quando o concurso público apresentou mais de 108 mil inscritos, sendo apenas 500 vagas disponíveis, o que dá uma média de 215 candidatos por vaga. E também ao ano de 2014, quando foram mais de 98 mil inscritos. Continue Lendo…

Reestruturação na Policia Civil de São Paulo

Ainda está em tramitação na Alesp (Assembleia Legislativa do Estado), o Projeto de Lei Complementar 37/2016, do deputado Campos Machado, que visa instituir a lei orgânica da polícia do Estado de São Paulo, que tem o objetivo principal de reestruturar o quadro de servidores da policia do estado, com a criação de uma nova carreira, a de agente de polícia, que poderá substituir as funções de:

  • Agente policial,
  • Auxiliar de papiloscopista,
  • Atendente de telecomunicações,
  • Fotógrafo técnico pericial,
  • Desenhista técnico pericial,
  • Atendente de necrotério e
  • Auxiliar de necropsia.

Caso seja aprovada, a Policia Civil terá apenas 7 carreiras, sendo distribuídas por 3 especialistas. Assim, a distribuição seria: Autoridade Policial (Delegado de Polícia), Auxiliares Técnicos/Científicos (Escrivão de Polícia, Investigador de Polícia, Médico Legista e Perito Criminal) e Cargos Auxiliares de Execução (Agente Policial e Papiloscopista Policial).

No entanto, esse projeto já não deve ter mais impacto no Concurso da Policia Civil deste ano, já que será preciso tento para a eventual aprovação. Atualmente, a proposta tramita em regime ordinário e está na Comissão de Constituição, Justiça e Redação, desde setembro.

Reprodução: Google

Atualmente, por enquanto, sabe-se que a Policia Civil de São Paulo atua em Distritos da Capital, que investigam os crimes das circunscrições tais como Da Mulher, De Explosivos e Armas e Munições, Do Consumidor, COPE, Grupo Tigre, Combate aos Cibercrimes, Proteção ao Meio Ambiente, Crianças Desaparecidas, Lavagem de Dinheiro, Repressão a Roubos e Assaltos, Narcóticos, Corregedoria, e outras.

O que sabe é que, conforme os sindicatos das categorias faltam, pelo menos, 14 mil policiais civis em São Paulo, ou seja, cerca de 30% do efetivo fixado. A base é feita com números publicados no Diário Oficial do Estado. “Hoje não tem metade dos policiais que havia quando eu entrei na Policia Civil, há mais de 30 anos”, comenta um delegado titular que atua na capital.

“É humanamente impossível investigar tanta coisa, não vai dar resultado nenhum”, confirma George Melão, presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (Sindpesp).

Com informações do SegredoConcurso e JCConcurso

Como Passar no Concurso da Policia Civil do Estado de São Paulo, confirmado em 2017!
5 (100%) 1 vote

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

DEIXE UMA RESPOSTA