Descubra como aumentar a produtividade no estudo em dias quentes

Existem ótimas dicas na internet sobre como aumentar a produtividade no estudo. São dicas que falam sobre a organização do estudo, por exemplo. Mostrando que se você tem um bom cronograma fica mais simples de estar essa produção aumentada.

Ou também temos dicas que falam sobre usar técnicas de memorização de conteúdo, como é o caso da revisão de textos, que podem ser feitas de tempos em tempos. Mas, pouco se fala sobre como aumentar essa produtividade em dias quentes.

E, pode parecer que isso não é importante, mas saiba que pode fazer toda a diferença na sua vida de estudante. E, independente, se for fazer um concurso público daqui há alguns meses ou o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) no próximo ano.

Os dias quentes

O Brasil é um país muito grande e isso quer dizer que nem sempre vai estar quente em todo território. Ainda assim, em se tratando de maioria, o Brasil é um país tropical, sendo que no verão a maioria dos lugares ficam bem quentes.

Para quem vai para a praia, isso é ótimo. Mas, e para quem estuda? Nem sempre isso é tarefa fácil de ser resolvida, né. O verão é um clima que é sempre bem quente e com possíveis chuvas, mas dificilmente fica frio.

Assim sendo, para quem estuda existe uma série de recomendações para que não exista com tanta intensidade os desânimos, a preguiça e até mesmo os problemas de saúde. Porque estudar é desgastante e sem essas dicas você pode desanimar e acabar desistindo do seu sonho.

Portanto, vamos falar aqui sobre algumas dicas que podem ser vistas, revistas e levas em consideração para quem quer aumentar a produtividade no estudo ou pelo menos manter ela em dias quentes. Acompanhe!

1 – O ambiente climatizado

Quando a gente fala em ambiente climatizado você logo pensa no ar-condicionado, não é mesmo? E realmente ele é um dos aparelhos eletrônicos e domésticos mais lembrados nessa época do ano. Obviamente, porque a função dele é climatizar os ambientes.

Mas, nem sempre dá para comprar um ar-condicionado novo. Ainda mais no verão, quando os preços sobem muito e ainda tem o custo da instalação e depois os gastos extras com a energia elétrica. Então, acaba não sendo uma opção para todo mundo.

Assim sendo, você também pode ter um lugar arejado para o estudo mesmo sem esse aparelho. Uma opção são os ventiladores de teto ou de chão. Tem ainda os climatizadores de ambiente e até mesmo umidificadores de água.

Isso tudo pode te ajudar a ter um ambiente melhor para o estudo. Mas, não se esqueça também de que ter janelas e portas também vai ajudar a arejar o ambiente por causa da entrada de ar e vento.

2 – A hidratação

Um segundo ponto que é ideal para aumentar a produtividade no estudo nos dias quentes tem a ver com a hidratação do seu corpo. Obviamente, essa é uma dica geral para o verão e costuma ser muito incisiva para quem pratica esporte.

No entanto, para quem estuda ou faz outras atividades também é válida. Até mesmo para você, que está com o ar-condicionado ligado. O aparelho costuma filtrar e condensar o ar, daí ele fica mais seco. Por isso, hidratação é importante.

Já no caso do calor em si, a gente acaba perdendo muita energia e suor, o que acaba exigindo uma reposição de líquidos. E somente a água é indicada para esses casos. É claro que um suco natural gelado também cai bem, mas nunca substitui de forma integral o consumo de água.

A regra você já sabe: no mínimo, 2 litros de água por dia. Mas, isso pode ter alguma variação dependendo da pessoa, do clima, da região, etc. A dica é sempre estar com uma garrafinha de água do seu lado durante o estudo. Isso vai te ajudar muito na hidratação.

Descubra 4 funcionalidades do Google Keep para aumentar a produtividade no estudo

3 – O sono

Por último, também temos uma dica que é geral para todos os estudantes, mas que se acentua nos dias quentes. Para aumentar a produtividade no estudo, você sabe que deve dormir o suficiente, que é acima das 6 horas noturnas ou 8 horas, na média geral da população.

Não é mesmo? O problema é que em dias de verão essa noite de sono pode não ser tão boa quanto você queria que fosse, né. E aí entram as técnicas para conseguir dormir melhor. Uma delas é evitar ficar com aparelhos eletrônicos ligados minutos antes de se deitar.

O ideal é que você tenha uma rotina que te permite desligar notebook, computador, celular em, pelo menos, 30 minutos antes de cair na cama. Fora isso, ter um ambiente climatizado ajuda no sono também. Sem contar que umidificar o ambiente é importante.

As antigas técnicas que caem muito bem para esses dias de calor tão intenso funcionam: colocar tapetes molhados na porta do quarto ou panos úmidos na janela, por exemplo. Além disso, um banho gelado pode ajudar também. E isso reflete diretamente no estudo.