Acelerar a aprendizagem de idiomas com Renato Alves – aprenda agora!

0
105

Essas dicas de memorização de idiomas são dicas citadas no livro o segredo dos gênios, do especialista em memória Renato Alves.

Idioma é uma mais uma língua que as pessoas desejam adquirir. É o inglês, alemão, espanhol, italiano, mandarim.

E a memorização de idiomas envolve memórias de longo prazo, memórias médio prazo, depois memórias de longo prazo. Esta influência memória de longa duração e a compreensão e memória operacional é memória de médio prazo.

Então, normalmente as pessoas assistem aulas de idiomas de seguinte forma…

Primeiro cenário – a pessoa tem duas aulas por semana, então de terça e quinta feira.

O cenário mais comum que nós encontramos é que a pessoa assiste aula de terça, sai sem saber nada. Tem um livro de exercícios, tem um CD muitas vezes de áudio que vem no curso de um pacote de curso de idiomas.

Quando é que ela faz exercícios, muitas vezes ela não faz ou faz antes de começar a aula de quinta e o cd ela praticamente não escuta.

Então ela sai da aula de terça na quarta não faz nada e na quinta ela vai a aula sem compreender.

E o que acontece? Fica sexta, sábado, domingo e segunda sem fazer os exercícios, sem ouvir cd, ou seja, ele não consegue formar memórias de média ou longa duração.

No segundo cenário – imagina que a pessoa só tem aulas aos sábados!

Nessa situação a pessoa viu a aula de sábado, sai sem aprender nada, quando ela vai fazer os exercícios, muitas vezes, ela só faz na semana seguinte antes de ir para a aula.

Então, o que acontece? Aquele conteúdo já saiu da memória de curto prazo, é muito fácil esquece.

Então o segredo da memória para a memorização para idiomas está em saber a fazer a revisão correta desse conteúdo e transformar memórias comuns em memórias em longo prazo.

Normalmente, esse modelo que existe (aula aplicação, uso aula aplicação, aula aplicação) é a técnica de memorização!

O correto seria: aula estratégia mnemônica e uso!

Só que as pessoas, como não dominam esse tipo de estratégia, acaba tendo dificuldade em guardar o idioma. Ela vai tentar corrigir essa situação…

Vamos passar para você algumas dicas para criar esse círculo virtuoso, ou seja, a pessoa tem aula, ela compreende, aplica uma estratégia mnemônica e depois faz o uso – assim ela cria memórias de longo prazo!

Assistiu a aula de terça-feira?

Pega no pé do professor, saia sabendo, a melhor forma de você verificar se compreendeu é explicando, então fez aulas explica o conteúdo para si mesmo, explica para um colega, tenta explicar para alguém da sua casa porque essa é a garantia que houve uma compreensão do conteúdo em sala de aula.

Para transformar esse conteúdo em memória, a proposta é a seguinte: assistiu a aula na terça e na quinta e compreendeu, na quarta feira você faz exercício com atenção e escuta o cd.

Aí na sexta feira você faz o exercício, escuta o áudio e pronuncia corretamente.

Sábado e domingo é a sua folga.

Reprodução: Google

Todo mundo que faz um idioma deseja influencia claro. Por isso, o que você vai fazer?

Qual é o segredo da fluência?

Com a estratégia de memorização que eu vou te ensinar agora, na segunda-feira você vai ter a disciplina de pegar o caderno, você vai pegar os exercícios de quinta, de quarta e sexta que você fez no sábado, você vai refazer de novo esses exercícios e escutar os áudios!

Então, você chega afiado na aula de terça feira, com conteúdos retidos na memória.

Assistir a aula e compreender, na quarta você faz exercícios, na quinta você assiste a aula, e na sexta ou sábado faz exercícios – com isso você vai criando a estratégia mnemônica para formar essa fluência necessária!

Nós estamos falando de três repetições na semana e o uso você sempre vai se envolver situações, coloca o seu computador no idioma estrangeiro  que você está pretendendo dominar, veja filmes…

Aí você começa a ter mais contato com esse conteúdo, então você criou, assistiu a aula e compreendeu, formou memórias de médio prazo, fez a estratégia mnemônica para criar memórias de longa duração e a fluência!

E você tem o uso que vai dar muito mais a habituação que essa construção de memória de longo prazo.

No segundo cenário se você só faz a aula uma vez por semana apenas a dica é a seguinte: assistiu a aula no sábado, aí no domingo você faz o exercício, aí pula segunda, na terça você faz de novo os exercícios, pula quarta e na quinta você repete o mesmo exercício!

Assim você chega afiadíssimo para a aula de sábado. É ai que você vai aprender um novo conteúdo.

Então, esses dois cenários criam uma memória de longo prazo fará com que você acelera esse processo de retenção de idiomas.

O segredo está na estratégia mnemônica, no uso e na compreensão, especialmente na disciplina porque se você deseja almeja, um novo idioma tem que ter disciplina, aplicar isso constantemente de preferência diariamente.

Essa é uma dica para você acelerar esse processo de idiomas.

O livro “O Segredo dos Gênios” não é apenas um livro que fala de idiomas, mas de estratégias de estudo e aprendizagem para profissionais e estudantes.

Da Redação com informações do youtube

Acelerar a aprendizagem de idiomas com Renato Alves – aprenda agora!
5 (100%) 1 vote

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

DEIXE UMA RESPOSTA

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.