#2 Desafio: O Desenvolvimento da Memória – Vídeo e Artigo nº 2

2
236

#2 Desafio: Desenvolvimento da Memória 

Aviso: O Artigo ficou um pouco longo, mas está gostoso de ler! Se você estiver com muita pressa,  assista apenas o vídeo! Mas ler o artigo e ver o vídeo será melhor ainda!

 

Então vamos lá!

Seguindo o desafio criado pelos meus amigos do Grupo Adireto, estou assistindo e colocando em prática o “Curso de Estudo e Memorização – Metódo Renato Alves”.

E posso dizer com segurança, não é a toa que ele já ganhou o título de Melhor memória do Brasil. O curso possui um conteúdo extremamente rico, tanto para o desenvolvimento da memória, estudo, concentração, foco e realização de provas.

No artigo de hoje, vou escrever sobre uma das palestras que está logo no início do curso: “Como ampliar o seu poder de concentração e foco para aumentar a produtividade”. Nele, o Renato Alves apresenta um conteúdo extremamente rico, mas com uma linguagem simples de ser assimilada.

Confesso que ao assistir a esta palestra, pude perceber alguns maus hábitos que possuo e que acabam atrapalhando na minha produtividade. E após assistir é que vem a parte mais desafiante: colocar em prática!

Não sei se vocês lá leram o livro “Poder do Hábito”, ou algum artigo parecido, se não posso escrever sobre isto algum dia também. Quero citar este livro para chamar a atenção que tanto as boas práticas quanto as más práticas são hábitos e para que uma mudança duradoura aconteça, é preciso um certo empenho e dedicação.
Bom, vamos ao que interessa, que é explicar o que o Renato Alves nos apresenta no curso e como está sendo para mim colocar o que assisti em prática.

Concentrado x Distraído

Você consegue identificar o exato momento no qual está concentrado e no qual está distraído? Talvez esta pergunta possa soar estranha para você ou até mesmo não ter uma resposta imediata neste momento ? E até mesmo se você não tiver a resposta neste momento, não tem problema. Começar agora mesmo a pensar sobre esta diferença pode elevar o seu nível de consciência e ter um maior entendimento sobre como usar sua habilidade de concentração de uma forma mais eficiente.
Para explicarmos esta diferença, gostaria de citar o seguinte exemplo:
Você já se esqueceu de fazer algo importante ou até mesmo teve a sensação que se distraiu e desperdiçou o seu tempo com atividades que não eram importantes, ficando com suas tarefas acumuladas? Bom, isto já aconteceu comigo e posso dizer que a sensação não é nada agradável, rs!

Em sua metodologia, o próprio Renato Alves diz que não existem pessoas que “são distraídas”…existem pessoas que “estão distraídas”.  O que realmente acontece é que muitas  pessoas apenas direcionam a sua capacidade de concentração para coisas que não são importantes em um determinado momento. E com isto, acabam atrapalhando a habilidade de concentração para o foco onde esta deveria ser realmente direcionada.

Neste ponto, fica claro que uma pessoa está sempre concentrada. Mas o fato de direcionar a atenção para algo que não contribua com a expectativa ou para o resultado desejado, faz com que um individuo entre em um “estado de distração”. Com isto, pode-se dizer que uma pessoa não “é distraída”, ela “está distraída”, pois o seu foco de atenção varia objeto com frequência, mas ela pode retornar ao estado anterior e voltar a ficar concentrada no que realmente importa.

Para deixar esta explicação mais simples, imagine uma professora dizendo:

“Este aluno é muito distraído!  Ele não presta atenção na aula. Fica fazendo desenhos o tempo inteiro”.

A verdade, é que ele não é distraído, ele está apenas concentrado em realizar seus próprios desenhos.
Neste caso, o objeto da atenção é o desenho e não a aula. Apesar disso, como este aluno será avaliado em um momento posterior, pode acabar tendo resultados ruins por não ter direcionado a sua atenção para o objeto no qual seria avaliado.

E por que as pessoas “estão distraídas” e não conseguem direcionar a concentração?

Isto pode acontecer por diferentes motivos, como:

  • Não gostar das coisas que faz;
  • Mecanização das atividades;
  • Falta de motivação;
  • Mal condicionamento físico;
  • Dentre outros fatores

 

Como aumentar o Poder de Concentração?

Para aumentar a sua concentração, você pode pode seguir estes passos:

  1. Fortalecer a sua mente! Quanto maior a sua capacidade de concentração, mais forte sua Mente será!
    Para que você possa desenvolver a sua concentração e a sua mente, você precisa investir no seu desenvolvimento. Quando você investe no desenvolvimento do seu ser, da evolução da sua consciência, você se liberta e consegue se transformar no mestre dos seus próprios pensamentos.
  2. Ter vontade de concluir suas tarefas
    Ao iniciar um projeto, esteja decidido fazer ele até o final. É melhor você ter um projeto e realizar ele até o final, do que ter vários projetos e não concluir nenhum. Sejam eles pessoais ou profissionais.
  3. Definir prazos
    Defina prazos para realizar suas atividades. O fato de você possuir uma data de conclusão, irá automaticamente te ajudar a direcionar a sua concentração para o que é importante. Assim, além do aumento da sua concentração, você passará a ter um controle melhor sobre o seu tempo.
  4. Fazer a Gestão dos seus PensamentosComo você pensa? Quais são as qualidades dos seus pensamentos que você possui?Os seus pensamentos te motivam, te fazem feliz, te impulsionam e te ajudam a realizar seus projetos?Ou eles te desanimam, te prendem, tiram o seu foco, dentre outras sensações ruins?Como eu penso? Qual é a qualidade dos meus pensamentos?

Fazer esta análise te liberta!
Você pode controlar os pensamentos que gostaria de ter. Para isto, é necessário fazer uma Gestão dos seus Pensamentos. E examinar com bastante atenção tudo o que passar pela sua mente. Ao prestar atenção para o que você está pensando, poderá começar a limpar a sua mente dos pensamentos negativos e direcionar a sua energia apenas para os pensamentos positivos! Lembre-se do “Poder do Hábito”!

Segundo o Renato Alves, o pensamento pode nos levar tanto a concentração quanto a distração.

O Desenvolvimento da Mente x Idade

Um fato interessante que é apresentado no curso pelo Renato Alves, é a explicação sobre o desenvolvimento da idade. Normalmente, pessoas que possuem até 25 anos ou uma idade próxima a isto, costumam ter a mente no presente e falam sobre assuntos referentes a este presente.

Entretanto, pessoas que possuem mais de 25 anos ou idades mais avançadas, costumam direcionar sua mente para o passado, falando frases como: “Lembra daquela época”… Em paralelo a isto, as pessoas que possuem esta faixa etária possuem muito mais responsabilidades e precisam administrar projetos da esfera pessoal, saúde, profissional, sexual, redes sociais (Facebook, Whatsapp, Instagram, Twitter, etc, etc). Como a mente fica pulando ente o passado e o futuro, muitas pessoas possuem dificuldades para ficarem no momento “presente”.

Se você está com o pensamento desequilibrado, é muito provável que você chegue ao final do seu expediente e tenha a sensação de que não produziu nada. E se com o passar dos dias as coisas continuam da mesma forma, isto é um sinal que você pode estar sendo escravo dos “6 mestres da  Distração”.

Segundo a metodologia do Renato Alves, existem 6 Mestres da Distração. Neste artigo, você irá apenas acompanhar 3, mas se quiser conhecer todos, pode adquirir o Curso Completo Estudo, Foco e Memorização do Renato Alves.

Os 3 Mestres da Distração que irei apresentar são: Comida, Relacionamentos e Sexo
( Todos eles querem um pedacinho da sua consciência):

 

  1. ComidaPara evitar uma atividade chata ou desinteressante, muitas pessoas utilizam a comida como um artifício. Fazendo pequenas pausas para comer durante a atividade ou até mesmo demorando muito mais tempo do que o normal para concluir uma tarefa, pois constantemente está procurando por comida para comer enquanto trabalha ou estuda, perdendo assim o foco na tarefa e direcionando para o alimento, mesmo não estando com fome.
  1. Relacionamentos

    Este é um ponto extremamente comum. Quantas vezes você parou de fazer o que estava fazendo, para dar atenção a outras pessoas? Talvez o fato de parar o tempo inteiro para dar atenção aos amigos, namorada (o), familiares ou até mesmo demandas de outros colegas de trabalho que podem ser realizados em outro momento, podem estar matando a sua produtividade.
  1. Mestre do sexo

O sexo até então, não é problema nenhum.  Pelo contrário, quem faz sabe que realmente é muito bom, rs. Mas quando em excesso, acaba se tornando um problema, fazendo com que as pessoas façam escolhas erradas).  O problema é ficar dependente e viciado a ter este tipo de estimulo fora de hora. A facilidade de acesso ao conteúdo sexual, seja na internet, televisão, revista, dentre outros, faz com que frequentemente as pessoas naturalmente percam a sua concentração em suas tarefas, para consumir conteúdo sexual. Não é a toa que alguns sites de conteúdo sexual lideram em numero de acessos mundiais, sendo tão acessados quanto os principais, google e facebook. (fonte: alexa.com)
Ciclo da Distração através do Sexo:

Comportamento – > Hábito –> Necessidade – > Dependência –>  Sofrimento (traição, doenças, gravidez não planejada, desvios de comportamento (pedófilos).

Embora tenha apresentado estes 3 Mestres da Distração, a proposta é que você passe a atuar no momento ” presente”, dedicando sua atenção para cada uma destas áreas no momento certo. Se alimente nos horários corretos, interaja com as pessoas no momento adequado e esteja presente no sexo no momento em que for realiza-lo.

Comece a prestar atenção naquilo que você está pensando. Olhe mais para dentro.
Estar no presente. Aprenda a dizer não.

Aprenda refletir antes de agir e pensar antes de fazer, para não gerar mais um problema que você vai precisa administrar.

E quais são os seus pensamentos?

Domine os seus pensamentos, antes que eles dominem você.

Tóxico, que suga sua energia, que te frusta

Você é o mestre! Você é o gerente!

Você não é escravo dos seus pensamentos!

E como ter os resultados que você deseja?

Simples! Através da Modelagem. Se existe em outra pessoa, resultados que você admira, modele e você terá os mesmos resultados.

Se no seu meio de relacionamentos , não existem nenhuma pessoa. Leia livros sobre pessoas que tiveram resultados fantásticos, de pessoas que conquistaram o mundo.

Pessoas equilibradas não gostam de mentira, não gostam de fofoca, sentem que estão fazendo a coisa certa, sem prejudicar o próximo, sincera.
Por isto, filtre melhor quem você anda ouvindo, os videos que você anda vendo, afaste as pessoas preguiçosas e pessimistas que estiverem perto de você e converse mais com quem conseguiu o resultado que você deseja!

Se você gostou de tudo o que leu até agora ou até mesmo do vídeo, eu recomendo sinceramente que você adquira o Curso Estudo e Memorização – Método Renato Alves.
Este artigo foi escrito baseado em uma das aulas deste treinamento e colocar tudo o que estou vendo lá em prática está ajudando bastante no meu desenvolvimento pessoal!

O Nosso desafio continua! Então, vou continuar assistindo e escrevendo. Se você tem alguma dúvida ou sugestão, pode entrar em contato comigo através do email [email protected]

E aproveitando a divulgação dos novos trailers do Star Wars, me despeço dizendo:

“Que a Força esteja com você!”

Até o próximo vídeo!

#2 Desafio: O Desenvolvimento da Memória – Vídeo e Artigo nº 2
Vote nesse post

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA